ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
15 de outubro de 2016
Voltar
TI na Construção

Construtora Toniolo, Busnello adota full data center Nutanix

Depois de enfrentar problemas de indisponibilidade e desempenho em seu data center, a construtora gaúcha Toniolo, Busnello decidiu adotar a tecnologia hiperconvergente da Nutanix. A solução reúne, em um mesmo appliance, recursos de armazenamento e processamento. Com solução, a companhia potencializou o desempenho das aplicações, reduziu espaço no centro de processamento de dados e, consequentemente, diminuiu o consumo de energia elétrica, além de reduzir significativamente custos com licenciamento.

Os equipamentos usados até então tinham um tempo médio de uso de cinco anos e muitos já estavam obsoletos. Alguns dos servidores principais e do sistema de ERP, por exemplo, já não contavam mais com suporte e garantia. Depois de realizar um estudo de capacidade, em outubro de 2015, a construtora foi ao mercado em busca de novos equipamentos para atualização da infraestrutura de TI.

No primeiro momento, a Construtora pensava em adotar um modelo tradicional de infraestrutura (storage, servidores blades e SAN). Porém, em dezembro do mesmo ano a integradora TechChannel apresentou a tecnologia hiperconvergente da Nutanix.

“Além da necessidade de substituir a infraestrutura que já não atendia mais a demanda da companhia, havia uma preocupação com a expansão do ambiente para os próximos anos, com redução de custos de 'ongoing' e uma infraestrutura alinhada às tendências do mercado e pronta para o futuro”, explica Fernando Ferreira, gerente de TI da Toniolo, Busnello.

A implementação aconteceu de fevereiro a junho de 2016 e foi realizada em quatro fases: ativação da solução; homologação (quatro semanas de testes com os usuários); migração de todo o data center e banco de dados (tanto aplicações virtualizadas, quanto servidores físicos); e documentação final do projeto, com acompanhamento, estabilização e encerramento.

A migração de todo o ambiente e do banco de dados ocorreu em dois momentos, primeiro a migração das aplicações e depois dos servidores (virtualizados e físicos).

“Mesmo sendo uma solução já madura no mercado, optamos por fazer uma etapa de homologação antes de qualquer modificação no ambiente existente”, comenta Ferreira. A tecnologia  passou por diversos testes de funcionamento, disponibilidade e de carga.

Após esta fase, a companhia definiu a migração das máquinas virtuais (VMs) menos críticas e sua estabilizaç


Depois de enfrentar problemas de indisponibilidade e desempenho em seu data center, a construtora gaúcha Toniolo, Busnello decidiu adotar a tecnologia hiperconvergente da Nutanix. A solução reúne, em um mesmo appliance, recursos de armazenamento e processamento. Com solução, a companhia potencializou o desempenho das aplicações, reduziu espaço no centro de processamento de dados e, consequentemente, diminuiu o consumo de energia elétrica, além de reduzir significativamente custos com licenciamento.

Os equipamentos usados até então tinham um tempo médio de uso de cinco anos e muitos já estavam obsoletos. Alguns dos servidores principais e do sistema de ERP, por exemplo, já não contavam mais com suporte e garantia. Depois de realizar um estudo de capacidade, em outubro de 2015, a construtora foi ao mercado em busca de novos equipamentos para atualização da infraestrutura de TI.

No primeiro momento, a Construtora pensava em adotar um modelo tradicional de infraestrutura (storage, servidores blades e SAN). Porém, em dezembro do mesmo ano a integradora TechChannel apresentou a tecnologia hiperconvergente da Nutanix.

“Além da necessidade de substituir a infraestrutura que já não atendia mais a demanda da companhia, havia uma preocupação com a expansão do ambiente para os próximos anos, com redução de custos de 'ongoing' e uma infraestrutura alinhada às tendências do mercado e pronta para o futuro”, explica Fernando Ferreira, gerente de TI da Toniolo, Busnello.

A implementação aconteceu de fevereiro a junho de 2016 e foi realizada em quatro fases: ativação da solução; homologação (quatro semanas de testes com os usuários); migração de todo o data center e banco de dados (tanto aplicações virtualizadas, quanto servidores físicos); e documentação final do projeto, com acompanhamento, estabilização e encerramento.

A migração de todo o ambiente e do banco de dados ocorreu em dois momentos, primeiro a migração das aplicações e depois dos servidores (virtualizados e físicos).

“Mesmo sendo uma solução já madura no mercado, optamos por fazer uma etapa de homologação antes de qualquer modificação no ambiente existente”, comenta Ferreira. A tecnologia  passou por diversos testes de funcionamento, disponibilidade e de carga.

Após esta fase, a companhia definiu a migração das máquinas virtuais (VMs) menos críticas e sua estabilização, em seguida a migração do restante das VMs e ERP, estabilização e finalização do projeto.

O gerente de TI diz que um dos maiores desafios do projeto foi a substituição da solução de virtualização, VMware para Hyper-V, da Microsoft. “Precisávamos testar não só a solução Nutanix, mas também avaliar as migrações de V2V (VMware para Hyper-V) e P2V (servidor físico para Hyper-V). Foram testados também a performance e validamos toda a parte de networking, que nos levou a adquirir novos switches core para a Toniolo, Busnello”, diz.

Todos os equipamentos da TI da construtora foram substituídos. Praticamente 100% das aplicações da companhia rodam no appliance. “Ainda temos algumas aplicações na nuvem e estamos estudando a possibilidade de trazer estas aplicações para nosso data center novamente. Agora que temos o Nutanix, nos sentimos mais confortáveis em fazer este movimento”, completa Ferreira.

Com a atualização da infraestrutura tradicional para a solução hiperconvergente da Nutanix, a Toniolo, Busnello reduziu o espaço do data center, de 2 racks lotados para menos de meio rack - aproximadamente 2 Us, além de diminuir em mais de 60% o consumo de energia.

Por ser uma solução com alto nível de consolidação, a solução Nutanix possibilitou à empresa baixar os custos e o número de licenças, de 25 para 3.

Outro benefício conquistado pela construtora foi a melhora do desempenho das aplicações. Por exemplo, a área de estoque antes levava cinco horas para realizar o procedimento de cálculo do estoque. Agora reduziu o tempo desse procedimento para duas horas. Na área comercial, em um projeto executivo, uma ação que precisava de 3 horas e passou a ser feita em 15 minutos. Além disto, o ambiente de TI está muito mais estável e resiliente.

Além disso, a solução Nutanix está pronta para o próximo projeto da Toniolo, Busnello, que trata a implementação de um sistema de Disaster Recovery (DR). “O projeto de DR será extremamente simplificado com a solução Nutanix, pois a mesma suporta nativamente tal funcionalidade”, informa Ferreira.

 

 

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade