ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
23 de abril de 2013
Voltar
Mobilidade Urbana

BRT Área Central

Segundo o diretor Cláudio Neto, um dos maiores entraves para o andamento das obras do BRT Área Central, que consumirá investimentos de R$ 56 milhões, está sendo sua execução no chamado horário de pico e em uma área convergente de diversas rotas da cidade. “Nossas interferências significam, também, intervenções de sistemas de telecomunicações, de água e de luz, desvios de tráfego. É um grande desafio”, diz.

As obras do BRT Área Central, na chamada rota Paraná / Santos Dumont significarão um aumento de, aproximadamente, 73% de passageiros que passam dos atuais 8.400 para 14.500. Com a implantação de seis estações de transferência de passageiros e uma extensão de 1,3 km de tratamento viário, as mudanças serão enormes na área central. No horário da manhã e da tarde, haverá uma diminuição dos 950 ônibus convencionais, por horário, para cerca de 100 do transporte BRT. Cerca de 27.500 pessoas serão beneficiadas diariamente pelo novo sistema de transporte.

“As avenidas Paraná e Santos Dumont serão vias totalmente exclusivas para o transporte coletivo”, lembra o diretor de planejamento da BHTrans, Célio de Freitas. A expectativa é a redução, com as obras, do volume desnecessário de trânsito na cidade e a liberação da capacidade viária para o transporte coletivo.

Com seis estações de transferência, o projeto de obras da BRT Área Central consiste na requalificação de vias preferenciais, dotando-as de estações com cobrança externa, embarque e desembarque em nível e sistemas de controle da operação e de informações ao usuário, informatizado e em tempo real.

BRT Área Central

Início: abril de 2012 e término em dezembro de 2013;

Valor: R$ 56 milhões (obras, projeto, desapropriação);

Status atual: obra viária 39% e implantações de estações 9,30% de realizações;

Número de passageiros beneficiados: 27.500;

Execução: Consórcio Tratenge e Centeco (167 funcionários).

 


Segundo o diretor Cláudio Neto, um dos maiores entraves para o andamento das obras do BRT Área Central, que consumirá investimentos de R$ 56 milhões, está sendo sua execução no chamado horário de pico e em uma área convergente de diversas rotas da cidade. “Nossas interferências significam, também, intervenções de sistemas de telecomunicações, de água e de luz, desvios de tráfego. É um grande desafio”, diz.

As obras do BRT Área Central, na chamada rota Paraná / Santos Dumont significarão um aumento de, aproximadamente, 73% de passageiros que passam dos atuais 8.400 para 14.500. Com a implantação de seis estações de transferência de passageiros e uma extensão de 1,3 km de tratamento viário, as mudanças serão enormes na área central. No horário da manhã e da tarde, haverá uma diminuição dos 950 ônibus convencionais, por horário, para cerca de 100 do transporte BRT. Cerca de 27.500 pessoas serão beneficiadas diariamente pelo novo sistema de transporte.

“As avenidas Paraná e Santos Dumont serão vias totalmente exclusivas para o transporte coletivo”, lembra o diretor de planejamento da BHTrans, Célio de Freitas. A expectativa é a redução, com as obras, do volume desnecessário de trânsito na cidade e a liberação da capacidade viária para o transporte coletivo.

Com seis estações de transferência, o projeto de obras da BRT Área Central consiste na requalificação de vias preferenciais, dotando-as de estações com cobrança externa, embarque e desembarque em nível e sistemas de controle da operação e de informações ao usuário, informatizado e em tempo real.

BRT Área Central

Início: abril de 2012 e término em dezembro de 2013;

Valor: R$ 56 milhões (obras, projeto, desapropriação);

Status atual: obra viária 39% e implantações de estações 9,30% de realizações;

Número de passageiros beneficiados: 27.500;

Execução: Consórcio Tratenge e Centeco (167 funcionários).

 

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade