FECHAR
FECHAR
05 de abril de 2012
Voltar
Especial Construção Imobiliária

Loteamento em Maricá, no vácuo do Comperj

Com a aposta no desenvolvimento de novos mercados imobiliários, na área litorânea que será atingida por novos empreendimentos, a AlphaVille Urbanismo desenvolveu o Terras Alpha Maricá, cidade da região dos Lagos que foi anexada como área metropolitana do Rio de Janeiro. A empresa é conhecida por seu know how em planejamento urbano e desenvolvimento de empreendimentos horizontais, que conciliam preservação ambiental, planejamento urbano e infraestrutura.

A empresa resolveu investir em Maricá por ser uma cidade vizinha a Itaboraí, município no qual será instalado o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Sendo uma região mais tranquila para fixar moradia, Maricá vive um processo de expansão urbana e crescimento econômico. Somente a nova refinaria da Petrobras deve gerar cerca de 200 mil empregos diretos, indiretos e por efeito de renda. Esse panorama chama a atenção das construtoras e incorporadoras, deixando clara sua nova vocação de eixo de atração para a construção civil.

Na primeira fase do empreendimento, todos os seus 399 lotes foram vendidos em apenas cinco horas de lançamento. Com a rápida absorção do mercado, a empresa antecipou a segunda fase, realizada em dezembro, com o lançamento da venda de 213 lotes residenciais, dois lotes comerciais - que fazem parte de um grande centro comercial e de serviços - e mais um lote comercial anexo. Juntas, as duas fases do empreendimento residencial ocuparão uma área de 398 mil m², somando 612 lotes residênciais com área mínima de 360 m² cada. O total de área comercial do empreendimento ocupará 24 mil m². O Terras Alpha Maricá tem um VGV total estimado de R$ 45 milhões.

Segunda a empresa, o Terras Alpha Maricá será dotado de infraestrutura completa, isto é, sistema viário, drenagem adequada para a área, abastecimento de água e sistema de tratamento de esgoto próprio, além de procedimentos técnicos e de segurança. O projeto ainda conta com clube completo, em uma área de 14 mil m², com quadra poliesportiva, duas quadras de tênis, campo de futebol society, piscinas adulto "com raia" e infantil, deck, solário, duas churrasqueiras, fitness, salão de festas, salão de jogos, sauna, playground e estacionamento para visitantes, além de três praças temáticas. Uma das praças possui até quadra de vôlei de areia e trilha para caminhada e, ao todo, o empreendimento disponibiliza 55 mil m² de Área Verde.

Logo no acesso do C


Com a aposta no desenvolvimento de novos mercados imobiliários, na área litorânea que será atingida por novos empreendimentos, a AlphaVille Urbanismo desenvolveu o Terras Alpha Maricá, cidade da região dos Lagos que foi anexada como área metropolitana do Rio de Janeiro. A empresa é conhecida por seu know how em planejamento urbano e desenvolvimento de empreendimentos horizontais, que conciliam preservação ambiental, planejamento urbano e infraestrutura.

A empresa resolveu investir em Maricá por ser uma cidade vizinha a Itaboraí, município no qual será instalado o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Sendo uma região mais tranquila para fixar moradia, Maricá vive um processo de expansão urbana e crescimento econômico. Somente a nova refinaria da Petrobras deve gerar cerca de 200 mil empregos diretos, indiretos e por efeito de renda. Esse panorama chama a atenção das construtoras e incorporadoras, deixando clara sua nova vocação de eixo de atração para a construção civil.

Na primeira fase do empreendimento, todos os seus 399 lotes foram vendidos em apenas cinco horas de lançamento. Com a rápida absorção do mercado, a empresa antecipou a segunda fase, realizada em dezembro, com o lançamento da venda de 213 lotes residenciais, dois lotes comerciais - que fazem parte de um grande centro comercial e de serviços - e mais um lote comercial anexo. Juntas, as duas fases do empreendimento residencial ocuparão uma área de 398 mil m², somando 612 lotes residênciais com área mínima de 360 m² cada. O total de área comercial do empreendimento ocupará 24 mil m². O Terras Alpha Maricá tem um VGV total estimado de R$ 45 milhões.

Segunda a empresa, o Terras Alpha Maricá será dotado de infraestrutura completa, isto é, sistema viário, drenagem adequada para a área, abastecimento de água e sistema de tratamento de esgoto próprio, além de procedimentos técnicos e de segurança. O projeto ainda conta com clube completo, em uma área de 14 mil m², com quadra poliesportiva, duas quadras de tênis, campo de futebol society, piscinas adulto "com raia" e infantil, deck, solário, duas churrasqueiras, fitness, salão de festas, salão de jogos, sauna, playground e estacionamento para visitantes, além de três praças temáticas. Uma das praças possui até quadra de vôlei de areia e trilha para caminhada e, ao todo, o empreendimento disponibiliza 55 mil m² de Área Verde.

Logo no acesso do Condomínio Residencial, há lotes comerciais com infraestrutura para receber equipamentos de serviços e comércios que atendam não somente os moradores do Terras Alpha Maricá, mas também a população do Bairro de Inoã. Serão realizados as manutenções de áreas verdes e os compromissos com o Meio Ambiente, além de construção do acesso da RJ106 (Rodovia Amaral Peixoto) ao empreendimento conforme Normas Estaduais, tudo isso visando à preservação do entorno com suas belíssimas vistas para Pedra do Inoã e valorização da região.

A AlphaVille Urbanismo é a responsável por toda a obra de infraestrutura completa dos loteamentos. Após a entrega, cada cliente irá construir sua residência de forma independente, porém sempre sendo acompanhados pelas normas do condomínio para garantia do cumprimento do regulamento construtivo, que estipula padrões de qualidade urbanística de acordo com a legislação vigente.