FECHAR
FECHAR
23 de novembro de 2013
Voltar
Especial - Rodovias

Bandeirantes completa 35 anos e recebe novas obras

Em 2013, a concessionária CCR AutoBAn, que administra a Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), iniciou a implantação da quinta faixa entre os km 14 e 47,com custo estimado de R$ 160 milhões. A obra tem o objetivo de aumentar a capacidade e a fluidez de tráfego. A SP-348 recebe cerca de 490 mil veículos por dia. A quinta faixa deverá beneficiar aproximadamente 3,5 milhões de habitantes das regiões metropolitanas de São Paulo e Campinas, além de moradores do município de Jundiaí e das cidades vizinhas. O término da obra está previsto para abril de 2014.

A Rodovia dos Bandeirantes, uma das mais importantes do Estado de São Paulo, completou em outubro 35 anos. Marco na história recente do sistema de transporte paulista, ela inovou, na época da inauguração, ao adotar o conceito de autoestrada, com três faixas de rolamento e geometria que privilegia o tráfego de longa distância. Essa concepção faz dela, ainda hoje, uma das mais  modernas vias do País.

Desde que assumiu a administração da Rodovia dos Bandeirantes, a CCR AutoBAn já investiu cerca de R$ 2 bilhões, em valores atuais, em obras e melhorias na rodovia. Com investimentos em infraestrutura, em equipamentos e tecnologia de atendimento, campanhas de segurança, educativas e de saúde, foi possível reduzir, em 24% o número de acidentes, em 8,7% a quantidade de feridos e em 61,6% o número de mortes no Sistema Anhanguera-Bandeirantes, desde o início da concessão.

Construída como uma alternativa, rápida e eficiente, à Via Anhanguera, até então a única ligação duplicada entre Campinas e São Paulo, a SP-348 foi uma das molas propulsoras para o desenvolvimento econômico das regiões de Campinas e Jundiaí, que se transformaram, no decorrer das últimas décadas, em importantes polos de tecnologia, pesquisa e educação no Estado de São Paulo. Ela também é responsável pelo escoamento da produção do interior em direção ao Porto de Santos e ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas. Nestes 15 anos, a SP-348 ganhou obras e investimentos que permitiram o seu prolongamento em 78 km, de Campinas até Cordeirópolis (2001), além da construção da quarta faixa entre São Paulo e Jundiaí (2006) e recuperação do pavimento com utilização de asfalto ecológico.

Além de todos estes investimentos, a concessionária mantém, 24 horas por dia, estrutura de atendimento aos usuários. São equipes de resgate e atendimento pré-hospitalar, de socorro mecânico, guincho, entre outros. Até agosto de 2013 foram realizados aproximadamente  71 mil atendimentos.