ABRIR
FECHAR
14 de julho de 2021
Voltar

Projeto busca reduzir o tempo de implementação de novas tecnologias na construção

Unindo o mercado cimentício à academia, hubIC inicia programa de pesquisa, desenvolvimento e inovação
Fonte: Assessoria de Imprensa

O crescimento da indústria da construção passa pela evolução da área de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), seja com novos padrões produtivos, novas tecnologias e processos ou gestão orientada para a excelência e sustentabilidade.

Nesse sentido, o projeto hubIC, uma parceria entre a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli USP) e a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), é o primeiro espaço cooperativo de inovação e construção digital de base industrial do Brasil.

A plataforma é uma iniciativa inédita que une o mercado a favor do desenvolvimento de PD&I com o objetivo de pesquisar e produzir elementos cimentícios que tragam ganhos de produtividade e redução de impacto ambiental.

“Vamos reunir pesquisadores de várias áreas do conhecimento, empresas, startups e outros parceiros da sociedade que tenham interesse em desenvolver a inovação de base industrial”, destaca Vanderley John, professor da Poli e um dos coordenadores do projeto.

Ao todo, o projeto integra 32 empresas de diferentes elos da cadeia, de grandes cimenteiras a escritórios de projeto, passando por construtoras de todos os portes, empresas de pré-moldados e fabricantes de materiais e componentes.

...

O crescimento da indústria da construção passa pela evolução da área de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), seja com novos padrões produtivos, novas tecnologias e processos ou gestão orientada para a excelência e sustentabilidade.

Nesse sentido, o projeto hubIC, uma parceria entre a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli USP) e a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), é o primeiro espaço cooperativo de inovação e construção digital de base industrial do Brasil.

A plataforma é uma iniciativa inédita que une o mercado a favor do desenvolvimento de PD&I com o objetivo de pesquisar e produzir elementos cimentícios que tragam ganhos de produtividade e redução de impacto ambiental.

“Vamos reunir pesquisadores de várias áreas do conhecimento, empresas, startups e outros parceiros da sociedade que tenham interesse em desenvolver a inovação de base industrial”, destaca Vanderley John, professor da Poli e um dos coordenadores do projeto.

Ao todo, o projeto integra 32 empresas de diferentes elos da cadeia, de grandes cimenteiras a escritórios de projeto, passando por construtoras de todos os portes, empresas de pré-moldados e fabricantes de materiais e componentes.

“O que buscamos com o início desse trabalho é melhorar ainda mais a capacitação, o conhecimento e o a troca de melhores práticas”, diz Valter Frigieri, diretor de mercado da ABCP e um dos coordenadores do hubiC.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade