ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
16 de dezembro de 2021
Voltar

SP inicia perfuração de túnel de metrô da Linha 6-Laranja

Tuneladora com 10,61 m de diâmetro começa a escavar do VSE Tietê em direção à estação São Joaquim
Fonte: Assessoria de imprensa

Mais um importante passo foi dado no avanço das obras da Linha 6-Laranja de metrô de São Paulo, considerado o maior empreendimento em infraestrutura na América Latina.

A primeira tuneladora, batizada de Maria Leopoldina, começou hoje a escavação do túnel nadireção sul.

O equipamento fará a perfuração do solo e deve percorrer cerca de dez quilômetros nos próximos meses, contemplando dez estações, entre Santa Marina e São Joaquim, partindo do VSE (poço de ventilação e saída de emergência) Tietê, até o VSE Felício dos Santos.

“Essa obra foi um desafio”, destacou o Governador de São Paulo, João Doria. “As obras estão dentro do prazo estimado e o tatuzão acelera muito esse processo. Essa obra vai reduzir de 1h30 para 23 minutos o tempo de percurso”, completou.

“As obras estão avançando de forma acelerada para que esse importante ramal metroferroviário seja entregue integralmente dentro do cronograma”, diz Nelson Bossolan, CEO da Linha Universidade, responsável pela operação do ramal por 19 anos, assim que as obras forem entregues em 2025.

Pesando 2 mil toneladas, cada tatuzão (TBM) possui diâmetro de 10,61 metros e extensão de 109...


Mais um importante passo foi dado no avanço das obras da Linha 6-Laranja de metrô de São Paulo, considerado o maior empreendimento em infraestrutura na América Latina.

A primeira tuneladora, batizada de Maria Leopoldina, começou hoje a escavação do túnel nadireção sul.

O equipamento fará a perfuração do solo e deve percorrer cerca de dez quilômetros nos próximos meses, contemplando dez estações, entre Santa Marina e São Joaquim, partindo do VSE (poço de ventilação e saída de emergência) Tietê, até o VSE Felício dos Santos.

“Essa obra foi um desafio”, destacou o Governador de São Paulo, João Doria. “As obras estão dentro do prazo estimado e o tatuzão acelera muito esse processo. Essa obra vai reduzir de 1h30 para 23 minutos o tempo de percurso”, completou.

“As obras estão avançando de forma acelerada para que esse importante ramal metroferroviário seja entregue integralmente dentro do cronograma”, diz Nelson Bossolan, CEO da Linha Universidade, responsável pela operação do ramal por 19 anos, assim que as obras forem entregues em 2025.

Pesando 2 mil toneladas, cada tatuzão (TBM) possui diâmetro de 10,61 metros e extensão de 109 metros. Sua capacidade de perfuração é de aproximadamente 12 a 15 metros por dia.

Para a sua operação são necessárias aproximadamente 50 pessoas, divididas em três turnos de trabalho. A máquina possui refeitório, cabine de enfermagem, esteira rolante para a retirada do material escavado, além de cabine de comando e equipamentos auxiliares.

Além dos trabalhadores que atuam nos tatuzões, também há equipes responsáveis pelo monitoramento do terreno e dos parâmetros dos dois TBMs que irão trabalhar 365 dias por ano, 24 horas por dia.

A tuneladora que fará a escavação no sentido inverso (norte) deve começar o processo ainda no primeiro semestre de 2022 e percorrerá 5,3 km em rocha. Atualmente, a Linha 6-Laranja já conta com mais de 450 metros de túnel construídos pelo método NATM.

As obras, realizadas pelo braço de construção da Acciona, já contam com 19 frentes de trabalho simultâneas e mais de 5 mil trabalhadores. Até o final do projeto, serão gerados 9 mil empregos diretos e indiretos.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade