ABRIR
FECHAR
29 de julho de 2021
Voltar

Governo de SP recebe projetos para nova rodovia com destino ao Porto de Santos

O novo corredor multimodal no eixo Planalto/Baixada pretende ser uma alternativa inteligente, sustentável e moderna para o escoamento de toda a produção nacional
Fonte: G1

O Governo do Estado informou na semana passada que escolheu, por meio de Manifestação de Interesse Público (MIP), dois projetos que podem ser viáveis para a construção da Linha Verde – uma nova rodovia que ligará a Capital ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo.

A partir de agora, de acordo com o estado, as empresas que apresentaram as propostas vencedoras terão 120 dias para se aprofundarem nos estudos, que serão analisados na etapa seguinte.

Conforme divulgado pela Secretaria de Logística e Transporte (SLT) de São Paulo, os resultados da MIP, aberta em março deste ano, foram publicados no Diário Oficial de terça-feira (20).

De acordo com a pasta, o novo corredor multimodal no eixo Planalto/Baixada pretende ser uma alternativa inteligente, sustentável e moderna para o escoamento de toda a produção nacional.

“Investir em novas tecnologias é a solução para melhorar a infraestrutura do nosso país, e dar mais agilidade ao escoamento da produção nacional sem impactar no meio ambiente e no custo dos transportes”, afirmou o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, por meio de nota divulgada pelo Governo de São Paulo.

Ainda segundo a Secretaria de Logística e Transporte, o ...


O Governo do Estado informou na semana passada que escolheu, por meio de Manifestação de Interesse Público (MIP), dois projetos que podem ser viáveis para a construção da Linha Verde – uma nova rodovia que ligará a Capital ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo.

A partir de agora, de acordo com o estado, as empresas que apresentaram as propostas vencedoras terão 120 dias para se aprofundarem nos estudos, que serão analisados na etapa seguinte.

Conforme divulgado pela Secretaria de Logística e Transporte (SLT) de São Paulo, os resultados da MIP, aberta em março deste ano, foram publicados no Diário Oficial de terça-feira (20).

De acordo com a pasta, o novo corredor multimodal no eixo Planalto/Baixada pretende ser uma alternativa inteligente, sustentável e moderna para o escoamento de toda a produção nacional.

“Investir em novas tecnologias é a solução para melhorar a infraestrutura do nosso país, e dar mais agilidade ao escoamento da produção nacional sem impactar no meio ambiente e no custo dos transportes”, afirmou o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, por meio de nota divulgada pelo Governo de São Paulo.

Ainda segundo a Secretaria de Logística e Transporte, o plano é que esse corredor logístico faça a conexão do Rodoanel à Margem Esquerda do Porto e à Rodovia Cônego Domênico Rangoni. Além disso, há a possibilidade de se criar um novo acesso ao litoral paulista, com o objetivo de melhorar o fluxo do Sistema Anchieta-Imigrantes e permitir viagens mais rápidas e seguras.

O Governo do Estado afirma que espera que a nova rodovia permita, ainda, a sustentabilidade ambiental, com a compensação de emissões de gás carbônico decorrentes da operação, veículos com energia limpa, iluminação com energia solar, sistema de monitoramento inteligente e integração com o Centro de Controle.

Outros benefícios, como redução no tempo de abastecimento dos caminhões, redução no custo de frete e possibilidade de conexão com ferrovias que abastecem o estado, também são esperados.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade