FECHAR
FECHAR
25 de maio de 2012
Voltar
M&T Expo 2012

Revolução tecnológica na cadeia da construção

M&T Expo 2012 apresenta os avanços tecnológicos alcançados pelos fabricantes de máquinas e equipamentos para construção, presentes no Brasil, acompanhando as exigências e a dinâmica do setor

Nos últimos 10 anos o Brasil viveu uma verdadeira revolução econômica. Dados do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgados em março de 2011, mostraram que o País aumentou seu Produto Interno Bruto (PIB) em 2,7% em relação a 2010, passando da 8ª para a posição de 6ª economia mundial. A vida dos brasileiros mudou substancialmente, o que pode ser comprovado pelos dados inicialmente divulgados no Censo 2010. Ele aponta, entre outros aspectos, a melhora da escolaridade e rendimentos da população, e a queda da mortalidade infantil – fatores indicativos do nível de desenvolvimento de um país.

Um dado social relevante: em 10 anos, o número de óbitos de crianças menores de um ano caiu de 29,7 para 15,6 para cada mil nascidas vivas, com um decréscimo de 47,6% na taxa brasileira de mortalidade infantil. Entre as regiões, a maior queda foi no Nordeste - de 44,7 para 18,5 óbitos –, um grande avanço, apesar da região ainda apresentar o maior indicador desse quesito.

O avanço econômico refletiu na posição da mulher na sociedade: as brasileiras passaram a ter menos filhos e o nível de instrução da população aumentou: de 2000 para 2010, o percentual de jovens que não frequentavam escola na faixa de 7 a 14 anos de idade caiu de 5,5% para 3,1%, com as maiores evoluções nas regiões Norte e Nordeste, evidenciando a mudança do eixo de desenvolvimento. Aliado a isso, ocorreu a melhora do rendimento médio mensal do trabalhador, com ganho real de 5,5%.

Tudo isso mostra que o brasileiro elevou seu nível de qualidade de vida, passando a consumir mais, e a demandar mais escolas, casa e transporte, incrementando o setor da construção, que registrou um crescimento de 42% entre 2004 e 2010, uma média de 5,18% por ano.

Dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) atestam que o setor responde por metade dos investimentos (formação bruta de capital fixo) realizados no país, e registrou uma das mais elevadas taxa de emprego formal do país. Essas são apenas algumas das facetas que revelam a mudança drástica da realidade brasileira, e que tem atraído a atenção do mundo inteiro.

Com 480 expositores nacionais e internacionais, e área 17% maior que a edição anterior, em 2009, pode-se dizer que a 8ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e 6ª Feira Internacional de Equipamentos para Mineração – (M&T Expo 2012) é um dos símbolos tecnológicos desse novo país. Além das tecnologias de ponta em termos de equipamentos, o evento realizado pela Sobratema conta neste ano com uma série de facilidades tecnológicas aos visitantes, além de adotar e estimular as práticas sustentáveis por parte dos expositores.