FECHAR
FECHAR
10 de julho de 2012
Voltar
M&T Expo 2012

Ministro do Desenvolvimento Agrário visita a M&T Expo

O Ministro Pepe Vargas, do Desenvolvimento Agrário (MDA), foi homenageado pela Randon Veículos com uma placa comemorativa durante a M&T Expo pelo esforço em prol da dinamização da agricultura familiar.

A empresa venceu uma licitação, realizada em dezembro de 2011, para a entrega de 382 retroescavadeiras destinadas às diversas obras do governo federal nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O contrato prevê a entrega dos equipamentos em três lotes até junho deste ano. Consolidada na área de caminhões, o desempenho de suas escavadeiras cuja produção pulou de 3 mil para 8 mil estimulou a decisão da empresa em ampliar  sua unidade de produção. Além do Brasil, a meta da empresa é conquistar o mercado Latino Americano para suas escavadeiras.

Durante a homenagem, o Ministro Pepe Vargas destacou o programa de distribuição de equipamentos para os municípios de até 50 mil habitantes, com prioridade para aqueles com ênfase na agricultura familiar. Ele disse ainda que o segmento é uma das apostas da presidente Dilma para enfrentar a crise econômica global. O MDA já beneficiou 686 municípios brasileiros, entregando 664 máquinas, de um montante de 1.275 máquinas que serão entregues a 1.299 municípios, ao custo total de R$ 211,83 milhões.

Em maio, a presidente Dilma Roussef anunciou a doação de retroescavadeiras para mais de 3591 municípios com até 50 habitantes e de mais de 1330 motoniveladoras. Os municípios interessados e que se enquadram nos critérios estabelecidos ter menos de 50 mil habitantes e não pertencer as regiões metropolitanas começaram a se inscrever no programa coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário em junho, e a seleção e entrega devem ser anunciados até outubro deste ano.

A medida integra as ações da 2ª fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e visa melhorar as condições das estradas vicinais, facilitando o escoamento da produção nos municípios onde a produção agrícola é essencialmente proveniente da agricultar familiar. Os municípios selecionados começarão a receber os equipamentos a partir de outubro. As motoniveladoras vão beneficiar 36 municípios consorciados.

Na ocasião, o Ministro Pepe Vargas destacou a força do setor de máquinas e equipamentos de construção no Brasil, expressado na M&T Expo, e as ações governamentais que prometem dinamizar ainda mais o segmento.  O ministro destacou a importância dos equipamentos para melhorar a qualidade de vida no campo e, ainda, gerar empregos no meio urbano, já que as máquinas adquiridas serão fabricadas, preferencialme


A empresa venceu uma licitação, realizada em dezembro de 2011, para a entrega de 382 retroescavadeiras destinadas às diversas obras do governo federal nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O contrato prevê a entrega dos equipamentos em três lotes até junho deste ano. Consolidada na área de caminhões, o desempenho de suas escavadeiras cuja produção pulou de 3 mil para 8 mil estimulou a decisão da empresa em ampliar  sua unidade de produção. Além do Brasil, a meta da empresa é conquistar o mercado Latino Americano para suas escavadeiras.

Durante a homenagem, o Ministro Pepe Vargas destacou o programa de distribuição de equipamentos para os municípios de até 50 mil habitantes, com prioridade para aqueles com ênfase na agricultura familiar. Ele disse ainda que o segmento é uma das apostas da presidente Dilma para enfrentar a crise econômica global. O MDA já beneficiou 686 municípios brasileiros, entregando 664 máquinas, de um montante de 1.275 máquinas que serão entregues a 1.299 municípios, ao custo total de R$ 211,83 milhões.

Em maio, a presidente Dilma Roussef anunciou a doação de retroescavadeiras para mais de 3591 municípios com até 50 habitantes e de mais de 1330 motoniveladoras. Os municípios interessados e que se enquadram nos critérios estabelecidos ter menos de 50 mil habitantes e não pertencer as regiões metropolitanas começaram a se inscrever no programa coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário em junho, e a seleção e entrega devem ser anunciados até outubro deste ano.

A medida integra as ações da 2ª fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e visa melhorar as condições das estradas vicinais, facilitando o escoamento da produção nos municípios onde a produção agrícola é essencialmente proveniente da agricultar familiar. Os municípios selecionados começarão a receber os equipamentos a partir de outubro. As motoniveladoras vão beneficiar 36 municípios consorciados.

Na ocasião, o Ministro Pepe Vargas destacou a força do setor de máquinas e equipamentos de construção no Brasil, expressado na M&T Expo, e as ações governamentais que prometem dinamizar ainda mais o segmento.  O ministro destacou a importância dos equipamentos para melhorar a qualidade de vida no campo e, ainda, gerar empregos no meio urbano, já que as máquinas adquiridas serão fabricadas, preferencialmente, no Brasil. Além dos mais de R$ 211 milhões já empregados nessa ação pelo MDA, as ações devem somar mais de R$ 1 bilhão em compra de máquinas.

A segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) prevê a recuperação e construção de estradas vicinais, por meio da doação de equipamentos para prefeituras de municípios de até 50 mil habitantes. Durante o processo da 1ª seleção, em 2010, o MDA recebeu proposta de 4.356 municípios, concorrendo em três modalidades: individual, associada e consorciada. Na modalidade individual, o município recebe uma retroescavadeira. Para associação mínimo de três e máximo de seis municípios ou consórcio, os municípios recebem uma retroescavadeira e uma motoniveladora.

O estado do Rio Grande do Sul foi o primeiro a receber as retroescavadeiras, em dezembro do ano passado, seguido pelos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, Alagoas, Minas Gerais, Rondônia, Bahia, Ceará e Pernambuco.