ABRIR
FECHAR
11 de novembro de 2021
Voltar

Peri imprime edifício de escritórios na Áustria

Utilizando uma impressora Cobod, a empresa construiu o maior prédio em 3D da Europa, com 125 m²
Fonte: Assessoria de Imprensa

Após recentemente construir três novas casas impressas em 3D nos EUA, a Cobod obteve um novo feito com o primeiro edifício erigido com a tecnologia na Áustria, sob encomenda da Strabag, uma das maiores construtoras do país, que também atua na Alemanha.

Localizado em Hausleiten, o edifício de 125 m2 está sendo impresso em 3D com uma argamassa seca especial, fornecida pela Lafarge Áustria.

A fabricante dinamarquesa tem insistido que as casas residenciais não são a única aplicação para a sua tecnologia, pois outras aplicações também têm potencial para se beneficiar da inovação, como as torres de turbinas eólicas de grande altura que a empresa vem desenvolvendo em cooperação com a GE Renewable Energy.

Agora, isso ficou claro com o anúncio da construção do novo edifício de escritórios, o maior da Europa feito com a tecnologia.

“Desde a nossa impressão em 3D do primeiro edifício em Copenhagen, em 2017, ninguém mais desenvolveu algo parecido quando se trata de escritórios”, comenta Henrik Lund-Nielsen, fundador e diretor da Cobod International.

“Esperamos que o segmento de escritórios comece a adotar a tecnologia em escala maior, assim como armazéns, pontos de venda e ou...


Após recentemente construir três novas casas impressas em 3D nos EUA, a Cobod obteve um novo feito com o primeiro edifício erigido com a tecnologia na Áustria, sob encomenda da Strabag, uma das maiores construtoras do país, que também atua na Alemanha.

Localizado em Hausleiten, o edifício de 125 m2 está sendo impresso em 3D com uma argamassa seca especial, fornecida pela Lafarge Áustria.

A fabricante dinamarquesa tem insistido que as casas residenciais não são a única aplicação para a sua tecnologia, pois outras aplicações também têm potencial para se beneficiar da inovação, como as torres de turbinas eólicas de grande altura que a empresa vem desenvolvendo em cooperação com a GE Renewable Energy.

Agora, isso ficou claro com o anúncio da construção do novo edifício de escritórios, o maior da Europa feito com a tecnologia.

“Desde a nossa impressão em 3D do primeiro edifício em Copenhagen, em 2017, ninguém mais desenvolveu algo parecido quando se trata de escritórios”, comenta Henrik Lund-Nielsen, fundador e diretor da Cobod International.

“Esperamos que o segmento de escritórios comece a adotar a tecnologia em escala maior, assim como armazéns, pontos de venda e outras aplicações similares", completa.

Segundo a Cobod, as empresas convencionais de construção ainda não abraçaram a nova tecnologia. Até o momento, argumenta a empresa, a maioria dos edifícios impressos em 3D foi desenvolvida por empreendedores menores, agentes imobiliários e startups.

Mas o projeto desenvolvido para a Strabag pode assinalar uma importante mudança na percepção das grandes empresas de construção.

"A impressão 3D em concreto dá à indústria da construção um importante impulso de inovação e representa um acréscimo de peso à gama de métodos de construção disponíveis", diz Klemens Haselsteiner, membro do Conselho de Administração da Strabag.

Além das novas possibilidades que a impressão em 3D oferece, a construtora austríaca também tinha outras razões para se envolver com a nova tecnologia.

"A grave escassez de mão de obra qualificada que prevalece atualmente permanecerá conosco no futuro como um desafio que temos de amortecer com duas estratégias: investindo em formação e aumentando a produtividade com novas tecnologias", avalia Thomas Britel, CEO da Strabag.

Confira a impressora 3D em ação neste link.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade