FECHAR
FECHAR
18 de março de 2021
Voltar

O aquecimento do mercado de locação de equipamentos para a construção civil é tema de live

Promovida pelo programa Marcas e Máquinas Construction a live contou com a presença de referências do setor
Fonte: Assessoria de Imprensa

Com o tema “O Aquecimento do Mercado de Locação de Equipamentos para a Construção Civil. Realidade ou Tendência?”, foi realizada ontem a estreia de uma série de lives promovida pelo programa Marcas e Máquinas Construction.

A primeira conta com participantes relevantes do setor como Eurimilson Daniel, presidente da Escad Rental e vice-presidente da Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração e da Analoc; Afranio Chueire, consultor e ex-presidente da Volvo Construction Equipment e Leonardo Zaia, sócio-diretor do Falando de Máquinas.

Depois de viver momentos difíceis, a locação de equipamentos e máquinas para a construção civil passa por um momento de aquecimento no mercado nacional. Primeiro foi a crise que atingiu a economia brasileira de 2014 a 2016 e, na sequência, a pandemia.

Contudo, contrariando projeções, a pandemia não paralisou o setor de locação de equipamentos que fechou 2020 com alta de 15 a 20% em relação a 2019, de acordo com a Analoc, associação nacional do setor.

Para este ano, as expectativas são ainda melhores. Prova disso, são os milhares de canteiros de obras espalhados de norte a sul do país e os marcos regulatórios do saneamen...


Com o tema “O Aquecimento do Mercado de Locação de Equipamentos para a Construção Civil. Realidade ou Tendência?”, foi realizada ontem a estreia de uma série de lives promovida pelo programa Marcas e Máquinas Construction.

A primeira conta com participantes relevantes do setor como Eurimilson Daniel, presidente da Escad Rental e vice-presidente da Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração e da Analoc; Afranio Chueire, consultor e ex-presidente da Volvo Construction Equipment e Leonardo Zaia, sócio-diretor do Falando de Máquinas.

Depois de viver momentos difíceis, a locação de equipamentos e máquinas para a construção civil passa por um momento de aquecimento no mercado nacional. Primeiro foi a crise que atingiu a economia brasileira de 2014 a 2016 e, na sequência, a pandemia.

Contudo, contrariando projeções, a pandemia não paralisou o setor de locação de equipamentos que fechou 2020 com alta de 15 a 20% em relação a 2019, de acordo com a Analoc, associação nacional do setor.

Para este ano, as expectativas são ainda melhores. Prova disso, são os milhares de canteiros de obras espalhados de norte a sul do país e os marcos regulatórios do saneamento básico, das ferrovias, rodovias, concessões e privatizações que devem trazer um novo fôlego ao setor.

O público acompanhou o que pensam duas referências do setor de locação de equipamentos, além dos números oficiais, perspectivas para os próximos anos, a visão das empresas que operam no setor, o que o mercado esta consumindo, o que os clientes estão pedindo e até mesmo quais os tipos de operação mais utilizados.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159 - Fax (11) 3662-2192

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade