ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
MERCADO
Voltar

Indústria da construção defende redução de imposto sobre aço importado

Ao mesmo tempo, produtores brasileiros de aço pedem que governo não corte tributo sobre importados

G1

12/05/2022 14h56 | Atualizada em 12/05/2022 18h03


Segundo reportagem do G1, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) defendeu a proposta em estudo que prevê a redução do imposto de importação sobre o aço.

O governo estuda um novo pacote de medidas para conter a inflação, entre elas a redução na tarifa externa comum do Mercosul e corte do imposto de importação sobre o aço e itens da cesta básica.

De acordo com cálculos da CBIC, o aço foi o material que mais impactou no aumento do custo das obras nos últimos anos. Para a casa própria, por exemplo, um terço do acréscimo se deve unicamente ao aço, informou.

Segundo o presidente da CBIC, José Carlos Martins, essa medida ajudaria "a reduzir custos e dar novamente oportunidade às pessoas a adquirem sua casa própria”.

"Ou damos um choque de oferta ou os brasileiros continuarão com acesso precário a moradias e a tantas outras coisas", acrescentou.

Contra a medida, os produtores brasileiros de aço pediram que o governo recue da proposta de reduzir o imposto de importação sobre o...


Segundo reportagem do G1, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) defendeu a proposta em estudo que prevê a redução do imposto de importação sobre o aço.

O governo estuda um novo pacote de medidas para conter a inflação, entre elas a redução na tarifa externa comum do Mercosul e corte do imposto de importação sobre o aço e itens da cesta básica.

De acordo com cálculos da CBIC, o aço foi o material que mais impactou no aumento do custo das obras nos últimos anos. Para a casa própria, por exemplo, um terço do acréscimo se deve unicamente ao aço, informou.

Segundo o presidente da CBIC, José Carlos Martins, essa medida ajudaria "a reduzir custos e dar novamente oportunidade às pessoas a adquirem sua casa própria”.

"Ou damos um choque de oferta ou os brasileiros continuarão com acesso precário a moradias e a tantas outras coisas", acrescentou.

Contra a medida, os produtores brasileiros de aço pediram que o governo recue da proposta de reduzir o imposto de importação sobre o aço como medida para tentar conter a inflação da construção civil.

O Instituto Aço Brasil – que representa empresas como Gerdau e ArcelorMittal –argumentou que o eventual corte do imposto não conteria a escalada de preços na construção civil e ainda prejudicaria as vendas do aço brasileiro.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade