ABRIR
FECHAR
26 de julho de 2021
Voltar

Empresa se destaca na gestão de resíduos

Case da Lwart Soluções Ambientais é exemplo de economia circular no Brasil
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Lwart Soluções Ambientais se destaca por realizar a logística reversa do óleo lubrificante usado e inseri-lo em um modelo de economia circular, o que garante o abastecimento interno com óleo lubrificante mineral básico e evita a emissão de gases de efeito estufa que ocorreriam para extração e refino de petróleo para produção de lubrificantes de 1º refino.

Sediada em Lençóis Paulista (SP), a Lwart é a primeira rerrefinadora da América Latina a produzir óleos básicos de alto desempenho. A empresa atua em mais de 3.300 municípios no país.

O conjunto tecnológico da planta da empresa permite que o rerrefino aproveite praticamente 100% do óleo lubrificante usado que entra no processo industrial.

Além de extrair o óleo básico mineral, o processo trata a água presente no resíduo e, ainda, transforma suas frações em subprodutos como composto asfáltico, matéria prima para produção de mantas asfálticas utilizadas na impermeabilização de construções civis.

Tecnicamente, trata-se da combinação da tecnologia de desasfaltamento e hidrotratamento, que faz com que o rendimento fabril chegue a 73%. Ou seja, o processo da Lwart faz com que 73% do volume de óleo co...


A Lwart Soluções Ambientais se destaca por realizar a logística reversa do óleo lubrificante usado e inseri-lo em um modelo de economia circular, o que garante o abastecimento interno com óleo lubrificante mineral básico e evita a emissão de gases de efeito estufa que ocorreriam para extração e refino de petróleo para produção de lubrificantes de 1º refino.

Sediada em Lençóis Paulista (SP), a Lwart é a primeira rerrefinadora da América Latina a produzir óleos básicos de alto desempenho. A empresa atua em mais de 3.300 municípios no país.

O conjunto tecnológico da planta da empresa permite que o rerrefino aproveite praticamente 100% do óleo lubrificante usado que entra no processo industrial.

Além de extrair o óleo básico mineral, o processo trata a água presente no resíduo e, ainda, transforma suas frações em subprodutos como composto asfáltico, matéria prima para produção de mantas asfálticas utilizadas na impermeabilização de construções civis.

Tecnicamente, trata-se da combinação da tecnologia de desasfaltamento e hidrotratamento, que faz com que o rendimento fabril chegue a 73%. Ou seja, o processo da Lwart faz com que 73% do volume de óleo coletado se transforme novamente em óleo básico, enquanto outras rerrefinarias do país que usam o processo ácido-argila rendem em torno de 60%.

Além da eficiência no rendimento fabril, o processo de hidrotratamento emite 7 vezes menos CO2 equivalente do que se esse óleo fosse utilizado em processos de geração de calor, queima, que além de ser ilegal, é muito mais poluente.

“A Além de contribuir com a transição para a economia de baixo carbono, o nosso negócio contribui diretamente na pauta de governança climática”, diz Thiago Trecenti, presidente da Lwart Soluções Ambientais.

“O setor produtivo deve ser protagonista nessa agenda e direcionar esforços e planejamento estratégico para desenvolver soluções voltadas às necessidades da sociedade seguindo a lógica circular e regenerativa da natureza”, afirma o executivo.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade