ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
17 de novembro de 2010
Voltar
Caminhões Pesados

Volvo lança FMX Para atender à demanda da construção e da mineração no Brasil e na América Latina

Para aproveitar o boom da construção e mineração no Brasil e na América Latina, a Volvo está lançando no mercado latino-americano o caminhão FMX. O novo veículo figura na classe dos pesados, com motor 13 litros e potências que vão de 400cv a 480cv. Destinado ao transporte de cargas na faixa de 32 a 50 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), o FMX foi especialmente desenvolvido para o transporte pesado em condições severas, desde aplicações na construção e mineração, até na agricultura. A empresa também está apresentando o novo FMX 11 litros, veículo dirigido para aplicações com condições operacionais intermediárias entre o FMX com motor 13 litros e o VM 6x4.

“O FMX é um novo caminho, com vários atributos que o tornam ainda mais vocacionado para aplicações em construção e mineração”, destaca Roger Alm, novo presidente da Volvo do Brasil que pretende utilizar sua experiência de negócios no Leste Europeu para expandir a fatia de negócios dos produtos Volvo na América Latina. “Mas temos o orgulho de dizer que mantivemos nele tudo o que já está consagrado como o que há de melhor no segmento”, complementa Bernardo Fedalto Jr., gerente de caminhões da Linha “F”, referindo-se ao robusto trem-de-força, e à avançada cabine ergonômica, própria para as longas jornadas de trabalho.

O veículo segue a tradição do seu antecessor FM, com mais robustez e atributos ainda mais adaptados para operações pesadas.  O caminhão ficou ainda mais focado nestes dois segmentos, segundo Sérgio Gomes, gerente de planejamento estratégico da Volvo do Brasil. Ao mesmo tempo, houve preocupação em desenvolver um design arrojado e as novas soluções imprimiram uma aparência de vigor e força ao FMX, além de conferirem um visual exterior de porte ainda mais imponente e sólido. “Quem vê o novo FMX tem a certeza de que ele é um caminhão fora de estrada”, diz Gomes.

Exterior moderno e robusto, a grande altura livre e as novas soluções implementadas na parte frontal da cabine visam atender diretamente os trabalhos em construção e mineração e outras condições severas de uso.  O caminhão, que chega ao mercado brasileiro, tem um design exclusivo para aplicações vocacionais e um visual robusto, bastante adequado para este tipo de trabalho. Toda orientação visual externa se diferencia das demais versões rodoviárias da marca. O visual exterior é a mudança mais evidente do novo FMX. “E toda a resistência e vi


Para aproveitar o boom da construção e mineração no Brasil e na América Latina, a Volvo está lançando no mercado latino-americano o caminhão FMX. O novo veículo figura na classe dos pesados, com motor 13 litros e potências que vão de 400cv a 480cv. Destinado ao transporte de cargas na faixa de 32 a 50 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), o FMX foi especialmente desenvolvido para o transporte pesado em condições severas, desde aplicações na construção e mineração, até na agricultura. A empresa também está apresentando o novo FMX 11 litros, veículo dirigido para aplicações com condições operacionais intermediárias entre o FMX com motor 13 litros e o VM 6x4.

“O FMX é um novo caminho, com vários atributos que o tornam ainda mais vocacionado para aplicações em construção e mineração”, destaca Roger Alm, novo presidente da Volvo do Brasil que pretende utilizar sua experiência de negócios no Leste Europeu para expandir a fatia de negócios dos produtos Volvo na América Latina. “Mas temos o orgulho de dizer que mantivemos nele tudo o que já está consagrado como o que há de melhor no segmento”, complementa Bernardo Fedalto Jr., gerente de caminhões da Linha “F”, referindo-se ao robusto trem-de-força, e à avançada cabine ergonômica, própria para as longas jornadas de trabalho.

O veículo segue a tradição do seu antecessor FM, com mais robustez e atributos ainda mais adaptados para operações pesadas.  O caminhão ficou ainda mais focado nestes dois segmentos, segundo Sérgio Gomes, gerente de planejamento estratégico da Volvo do Brasil. Ao mesmo tempo, houve preocupação em desenvolver um design arrojado e as novas soluções imprimiram uma aparência de vigor e força ao FMX, além de conferirem um visual exterior de porte ainda mais imponente e sólido. “Quem vê o novo FMX tem a certeza de que ele é um caminhão fora de estrada”, diz Gomes.

Exterior moderno e robusto, a grande altura livre e as novas soluções implementadas na parte frontal da cabine visam atender diretamente os trabalhos em construção e mineração e outras condições severas de uso.  O caminhão, que chega ao mercado brasileiro, tem um design exclusivo para aplicações vocacionais e um visual robusto, bastante adequado para este tipo de trabalho. Toda orientação visual externa se diferencia das demais versões rodoviárias da marca. O visual exterior é a mudança mais evidente do novo FMX. “E toda a resistência e vigor deste novo veículo pode ser conferida nos seus novos atributos”, afirma Bernardo Fedalto Jr, gerente de caminhões da linha “F”.

Além da grande altura livre, os engenheiros da marca projetaram uma nova grade superior, que mantém a linha de design do FM, mas dá ao FMX uma personalidade própria e característica.

A tradicional Iron Mark foi atualizada, e um novo letreiro, com inscrição FMX, foi colocado na lateral esquerda. Embora inspirada no FM, a parte externa frontal inferior da cabine é mais alta e dá um tom mais agressivo à composição. “Trata-se de um veículo específico para obras, construções e sítios de mineração”, diz Alvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas da Volvo do Brasil.

Produzido em aço com cantoneiras reforçadas, o pára-choque foi projetado em três peças e tem também um novo desenho, contribuindo para aumentar ainda mais a aparência “fora-de-estrada” do novo caminhão. A parte inferior do pára-choque abriga o chamado front step, um estribo antiderrapante e aberto onde o motorista e outras pessoas podem colocar os pés e se apoiar para fazer a limpeza do parabrisa e promover a manutenção da parte frontal externa da cabine.

Outras novidades são os equipamentos extras, muito úteis para operações off road. É o caso, por exemplo, de uma proteção gradeada de farol, um item muito importante neste segmento para evitar possíveis avarias do conjunto ótico durante a execução de trabalhos em terrenos pedregosos. A engenharia da Volvo também desenvolveu um novo e resistente pino de reboque dianteiro. Ele foi estrategicamente instalado bem no centro da grade inferior, com capacidade para 25 toneladas, proporcionando muito mais funcionalidade ao caminhão.

E o farol também se destaca em todo o conjunto. Numa óbvia associação com o farol do caminhão articulado da Volvo Construction Equipment, o braço do Grupo Volvo que produz equipamentos de construção, o farol é completamente novo. Tem três unidades que permitem manutenção independente: luz alta, pisca e farol, além de opções de farol de neblina ou de milha no pára-choque. “Um breve olhar sobre o novo FMX, com seu porte robusto e imponente, revela a conexão entre a Volvo Trucks e a nossa empresa irmã, a Volvo Construction Equipment – ambas entre as líderes mundiais em caminhões e equipamentos de construção”, lembra Sérgio Gomes, gerente de planejamento estratégico da Volvo do Brasil.

Os diferenciais
Dentre as novidades do caminhão, destacam-se alguns itens como: nova grade superior, que contribui para um visual moderno;  novo dispositivo central de reboque, que oferece uma ferramenta robusta e confiável para rebocar ou prover assistência, sendo capaz de suportar até 25 toneladas; a parte inferior frontal da cabine foi estendida em 165 milímetros; um novo estribo antiderrapante assegura melhor aderência em todas as aplicações climáticas; uma escada e um suporte para as mãos garantem ao motorista uma rápida e conveniente visão panorâmica da carga diretamente da abertura da porta, sem descer do caminhão; em breve, a Volvo oferecerá neste veículo sensores que enviam informações sobre o peso da carga para a versão on/off road da caixa de câmbio I-shift, permitindo um sequencionamento otimizado das marchas, além de arranques suaves; a logomarca Volvo é maior e mais visível na parte frontal externa da cabine, enquanto o símbolo do globo do FMX se destaca na lateral; instalação robusta dos espelhos para melhor resistir a vibrações e eventuais danos externos e riscos; espelhos com um braço de suporte mais estreito, que auxilia na redução de pontos cegos nesta área, melhorando a visibilidade a partir da posição do motorista; novos faróis dianteiros com grades de proteção que auxiliam na prevenção de danos provocados por  pedras; limpador de alta pressão para os faróis dianteiros; novos e robustos parachoques de aço com projeto em três partes: cantoneiras de aço de três milímetros, placa protetora frontal e barra protetora frontal que auxilia na proteção dos componentes vitais; estribo antiderrapante integrado à placa protetora frontal, que possibilita fácil e conveniente acesso para limpeza do parabrisa; proteção do motor para auxiliar na preservação de componentes vitais; um novo e mais alto posicionamento da entrada de ar disponível para a cabine padrão como uma opção para melhorar a qualidade do ar enviada ao motor, ao mesmo tempo em que aumenta a visibilidade em marcha ré; kits de preparação e montagem das luzes de trabalho e das luzes de ré; tapetes de borracha com flanges para conter a sujeira e o barro, que facilitam a limpeza no interior da cabine; e duas novas opções de interior: assentos e painéis das portas em vinil ou em tecido.

Mais matérias sobre esse tema

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade