ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
07 de setembro de 2015
Voltar
Agenda 2015

Tecnologia a serviço do meio ambiente

De 20 a 22 de outubro, São Paulo será cenário do BW Expo, feira de tecnologia que apresentará soluções para questões de resíduos, água, esgoto, ar, energia e drenagem. Segundo o Ministério das Cidades cerca de 35 milhões de brasileiros não são abastecidos por água potável e mais da metade da população não tem acesso à coleta de esgoto. Além disso, somente 39% de todo o esgoto gerado é tratado e quase 37% de toda água potável é perdida. Esses dados potencializam as oportunidades de negócios para os fornecedores deste mercado, visto que a busca de novos produtos, serviços e tecnologias serão o caminho natural dos próximos anos.

Já nas questões de resíduos sólidos, de acordo com um estudo realizado pela ISWA (International Solid Waste Association), a principal organização internacional de resíduos sólidos, em 2013 houve um investimento global de 20,9 bilhões no setor. Além disso, foram realizados mais de mil projetos envolvendo waste-to-energy (recuperação energética de resíduos), processamento, geração de energia a partir de biomassa e reciclagem de resíduos. Números expressivos, mas é uma pena que o Brasil ainda esteja na contramão deste crescimento, com grande parte de nossos resíduos encaminhados para locais inadequados. Esta condição tinha como prazo final agosto de 2014. A data não foi cumprida e o projeto ainda esta em análise.

Outro fato importante, destaque no documento de 2013 da Carbon Disclosure Project (CDP), organização independente especializada no reporte climático das empresas: as 500 maiores empresas do mundo encabeçam a lista dos principais emissores de gases de efeito estufa, o equivalente a 3,6 bilhões de toneladas de CO2, ou seja, são responsáveis por 75% das emissões de gases. Como as maiores geradoras, também representam a maior possibilidade de mudança em grande escala, já que têm mais a fazer para modificar este status.

Promovido pela STO Feiras e Eventos, o BW Expo reunirá em exposição as principais empresas de equipamentos, produtos e serviços para: água - extração, captação, tratamento, análises e distribuição; esgoto - tratamento, análise, distribuição e geração de energia; drenagem - controle de inundação, revestimento de taludes e canalização; gestão de resíduos - coleta, redução, aterro sanitário, reciclagem, geração de energia e logística reversa; energia - eólica, solar, gás, biocombustíveis, maremotriz, geotérmi


De 20 a 22 de outubro, São Paulo será cenário do BW Expo, feira de tecnologia que apresentará soluções para questões de resíduos, água, esgoto, ar, energia e drenagem. Segundo o Ministério das Cidades cerca de 35 milhões de brasileiros não são abastecidos por água potável e mais da metade da população não tem acesso à coleta de esgoto. Além disso, somente 39% de todo o esgoto gerado é tratado e quase 37% de toda água potável é perdida. Esses dados potencializam as oportunidades de negócios para os fornecedores deste mercado, visto que a busca de novos produtos, serviços e tecnologias serão o caminho natural dos próximos anos.

Já nas questões de resíduos sólidos, de acordo com um estudo realizado pela ISWA (International Solid Waste Association), a principal organização internacional de resíduos sólidos, em 2013 houve um investimento global de 20,9 bilhões no setor. Além disso, foram realizados mais de mil projetos envolvendo waste-to-energy (recuperação energética de resíduos), processamento, geração de energia a partir de biomassa e reciclagem de resíduos. Números expressivos, mas é uma pena que o Brasil ainda esteja na contramão deste crescimento, com grande parte de nossos resíduos encaminhados para locais inadequados. Esta condição tinha como prazo final agosto de 2014. A data não foi cumprida e o projeto ainda esta em análise.

Outro fato importante, destaque no documento de 2013 da Carbon Disclosure Project (CDP), organização independente especializada no reporte climático das empresas: as 500 maiores empresas do mundo encabeçam a lista dos principais emissores de gases de efeito estufa, o equivalente a 3,6 bilhões de toneladas de CO2, ou seja, são responsáveis por 75% das emissões de gases. Como as maiores geradoras, também representam a maior possibilidade de mudança em grande escala, já que têm mais a fazer para modificar este status.

Promovido pela STO Feiras e Eventos, o BW Expo reunirá em exposição as principais empresas de equipamentos, produtos e serviços para: água - extração, captação, tratamento, análises e distribuição; esgoto - tratamento, análise, distribuição e geração de energia; drenagem - controle de inundação, revestimento de taludes e canalização; gestão de resíduos - coleta, redução, aterro sanitário, reciclagem, geração de energia e logística reversa; energia - eólica, solar, gás, biocombustíveis, maremotriz, geotérmica e hidráulica; solo - descontaminação, tratamento, análises e monitoramento; ar - medição, monitoramento, tratamento e análises.

Além da exposição, o evento contará com a BW Conference, um amplo programa técnico-científico que abordará macro temas do setor, composta por Congresso e Seminários que trarão as últimas tendências do mercado; o Criar Sustentável, que tratará de assuntos como tratamento e reuso de água e efluentes, monitoramento ambiental e biotecnologia; o Simpósio da ASEC/CETESB que apresentará temas como gestão de resíduos sólidos, educação ambiental, qualidade e segurança das águas, qualidade do ar, gestão em laboratórios e proteção e recuperação de áreas degradadas; e o Seminário Sotreq/Caterpillar voltado a soluções tecnológicas para operações em aterros sanitários e pátios de sucata. E ainda um curso técnico de propostas e contratos para sistemas de tratamento de água e efluentes, que será ministrado pelo portal Tratamento de Água.

Mais informações pelo telefone (11) 4304.5255, pelo e-mail info@bwexpo.com.br ou pelo site www.bwexpo.com.br

 

 

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade