ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
30 de outubro de 2020
Voltar
Dados Técnicos

RACIONAL ENGENHARIA

Por Redação

PRINCIPAL PROJETO

JL2 – Sede L’Oréal

DADOS TÉCNICOS

Localização: Rio de Janeiro (RJ)

Tipo: Comercial

Dimensões: 24.129 m2 (área construída)

Investimento: R$ 129 milhões

Entrega: Em andamento

Certificação: LEED-CS Gold

Diferencial técnico: O empreendimento alcançou performance exemplar ao demonstrar que 100% das superfícies impermeáveis no telhado foram construídas com alto albedo ou pavimento de malha aberta, que serão sombreados dentro de cinco anos, assim como 100% das vagas de estacionamento locais estão localizadas no subterrâneo ou abaixo de coberturas. Além disso, 70,34% da superfície do telhado do prédio são cobertos por vegetação.

DESCRITIVO DE SOLUÇÕES

  • Inovação: Para minimizar a ilha de calor, foram incluídas áreas ajardinadas. No primeiro pavimento tem-se 353,48 m² de área externa e 26,02 m² de área interna, totalizando 379,50 m² de área ajardinada. Foram elencadas 25 espécies de plantas, entre arbóreas, arbustivas e rasteiras, sendo 68% nativas e 32% exóticas. No 4º pavimento, foram construídas uma parede verde e uma jardineira sobrelaje. Na jardineira, há espécies herbáceas e árvores de pequeno porte. As plantas nativas representam 63%, e as exóticas 37%. Na cobertura, há uma área de aproximadamente 639,20 m² de plantio sobrelaje, com espécies nativas.
  • Planejamento: O empreendimento desenvolveu e implementou um programa de Governança Verde e uma Política de Limpeza Verde, que inclui o desenvolvimento de um programa abrangente e qualitativo, informação detalhada sobre o treinamento da equipe, processo de treinamento e produtos qu

PRINCIPAL PROJETO

JL2 – Sede L’Oréal

DADOS TÉCNICOS

Localização: Rio de Janeiro (RJ)

Tipo: Comercial

Dimensões: 24.129 m2 (área construída)

Investimento: R$ 129 milhões

Entrega: Em andamento

Certificação: LEED-CS Gold

Diferencial técnico: O empreendimento alcançou performance exemplar ao demonstrar que 100% das superfícies impermeáveis no telhado foram construídas com alto albedo ou pavimento de malha aberta, que serão sombreados dentro de cinco anos, assim como 100% das vagas de estacionamento locais estão localizadas no subterrâneo ou abaixo de coberturas. Além disso, 70,34% da superfície do telhado do prédio são cobertos por vegetação.

DESCRITIVO DE SOLUÇÕES

  • Inovação: Para minimizar a ilha de calor, foram incluídas áreas ajardinadas. No primeiro pavimento tem-se 353,48 m² de área externa e 26,02 m² de área interna, totalizando 379,50 m² de área ajardinada. Foram elencadas 25 espécies de plantas, entre arbóreas, arbustivas e rasteiras, sendo 68% nativas e 32% exóticas. No 4º pavimento, foram construídas uma parede verde e uma jardineira sobrelaje. Na jardineira, há espécies herbáceas e árvores de pequeno porte. As plantas nativas representam 63%, e as exóticas 37%. Na cobertura, há uma área de aproximadamente 639,20 m² de plantio sobrelaje, com espécies nativas.
  • Planejamento: O empreendimento desenvolveu e implementou um programa de Governança Verde e uma Política de Limpeza Verde, que inclui o desenvolvimento de um programa abrangente e qualitativo, informação detalhada sobre o treinamento da equipe, processo de treinamento e produtos químicos, além de comentários dos ocupantes.
  • Qualidade urbana: O empreendimento se localiza em uma área urbana fortemente desenvolvida, próxima a importantes vias da cidade que permitem fácil acesso a equipamentos urbanos, como a rodoviária Novo Rio e os aeroportos Santos Dumont e Galeão. O bairro do empreendimento é bem servido por serviços urbanos básicos, como transporte, água, energia, telecomunicações, escolas e centros comerciais (a região faz parte do centro comercial mais importante do Rio de Janeiro).
  • Projeto: O empreendimento oferece 151 vagas de veículos, com 23 vagas destinadas a veículos elétricos. Há 71 vagas de bicicletas, tendo em vista que o projeto de revitalização do porto favorece a utilização de bicicletas pelos funcionários em ciclovias, que estão sendo previstas em todo o entorno e conectadas com as demais ciclovias da cidade. Além das vagas de veículos, também foram previstas seis vagas para motocicletas.
  • Eficiência energética: Todos os motores elétricos dos ventiladores instalados nas unidades autônomas têm alta eficiência energética. A Densidade de Potência de Iluminação – DPI (W/m2) é de 7,58 W/m², tendo sido instaladas luminárias que atendessem a esse critério. A iluminação de todos os espaços é desligada automaticamente em horários sem ocupação, por meio de sensores de presença ou dispositivos de programação de funcionamento. Todos os componentes do sistema de ar condicionado atendem ao Coeficiente de Performance (COP) mínimo especificado para o chiller de 5,91, com impacto significativo na eficiência energética do sistema e no custo operacional previsto para a edificação. A redução de consumo de energia elétrica em comparação com o baseline é de 23%.
  • Uso de materiais: Os carpetes e tapetes possuem Certificação CRI (Carpet and Rug Institute). A concentração de COVs (Compostos Orgânicos Voláteis) em selantes e vernizes seguem os limites indicados pelo LEED. Todos os revestimentos, exceto pisos cerâmicos, devem obrigatoriamente possuir certificação Floor Score. Por valor, 16,07% do total de materiais de construção foram fabricados usando materiais reciclados. Um índice 88,19% do total de materiais de construção a base de madeira é certificado de acordo com os princípios e critérios do Forest Stewardship Council (FSC).
  • Gestão da água, solo e resíduos: Os sistemas de paisagismo e irrigação foram projetados para reduzir em 100% o uso de água potável para irrigação e reduzir o uso total de água usada para irrigação em 50%. As fontes de água para irrigação são água de chuva, água cinza e condensado do ar condicionado. O empreendimento utiliza metais economizadores e válvulas de descarga dual-flush. Percentagem de redução de água 51%. Durante a construção, o empreendimento adotou práticas de gestão que permitiram evitar o envio de 94,84% dos resíduos de construção gerados no local. O empreendimento conta com uma área específica para a coleta seletiva de resíduos.
  • Outros: Os equipamentos de climatização são dotados de filtros com eficiência mínima da categoria G4. Todos os espaços ocupáveis são ventilados com vazão de ar externo, de acordo com a norma ASHRAE. Todos os produtos adesivos e selantes usados dentro do sistema de impermeabilização estão em conformidade com os limites de compostos orgânicos voláteis (COVs) nas normas referenciadas. Foram implementadas medidas de controle da prática de fumar tanto no interior quanto no exterior do edifício.

Mais matérias sobre esse tema

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade