ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
08 de dezembro de 2021
Voltar
Dados Técnicos

Levantamento de Concessões

Conheça os detalhes de algumas das concessões que estão mudando a realidade da infraestrutura rodoviária no país por meio investimentos em obras e adequação da malha
Por Redação

Desde a promulgação do Decreto nº 94.002, que criou o programa de concessão rodoviária no Brasil em 1988, passando pelos primeiros contratos em 1994, até os recentes projetos de transferência massiva de ativos, o setor se abriu para os investimentos privados como forma de sanar os problemas de transporte terrestre que historicamente afetam sua competitividade, interferindo no escoamento da produção nacional e, logo, no próprio crescimento do país.

Atualmente, já não se discute o papel da infraestrutura modal no crescimento econômico do país, que – malgrado o fato de ainda estar atrasado em relação a outros países em densidade de malha pavimentada – assumiu a liderança em concessões rodoviárias no mundo. Com isso, a expectativa é de que, nos próximos anos, o país dê um salto neste importante modal, impulsionando a economia como um todo.

Em 2020, a iniciativa privada já operava 68 concessões, que correspondem a 23.230 km da malha rodoviária nacional. Mas esses números devem ter um crescimento exponencial com os projetos que vêm sendo tocados pelo Ministério da Infraestrutura, redesenhando a realidade do modal em extensão, capilaridade e qualidade.

Nas próximas páginas deste Especial Grandes Construções – Rodovias, o leitor pode conferir em parte esse movimento, a partir de informações fornecidas pelas concessionárias que descrevem os investimentos em andamento e as obras previstas, contribuindo assim para divulgação das informações do principal sistema logístico do país à sua população.


Desde a promulgação do Decreto nº 94.002, que criou o programa de concessão rodoviária no Brasil em 1988, passando pelos primeiros contratos em 1994, até os recentes projetos de transferência massiva de ativos, o setor se abriu para os investimentos privados como forma de sanar os problemas de transporte terrestre que historicamente afetam sua competitividade, interferindo no escoamento da produção nacional e, logo, no próprio crescimento do país.

Atualmente, já não se discute o papel da infraestrutura modal no crescimento econômico do país, que – malgrado o fato de ainda estar atrasado em relação a outros países em densidade de malha pavimentada – assumiu a liderança em concessões rodoviárias no mundo. Com isso, a expectativa é de que, nos próximos anos, o país dê um salto neste importante modal, impulsionando a economia como um todo.

Em 2020, a iniciativa privada já operava 68 concessões, que correspondem a 23.230 km da malha rodoviária nacional. Mas esses números devem ter um crescimento exponencial com os projetos que vêm sendo tocados pelo Ministério da Infraestrutura, redesenhando a realidade do modal em extensão, capilaridade e qualidade.

Nas próximas páginas deste Especial Grandes Construções – Rodovias, o leitor pode conferir em parte esse movimento, a partir de informações fornecidas pelas concessionárias que descrevem os investimentos em andamento e as obras previstas, contribuindo assim para divulgação das informações do principal sistema logístico do país à sua população.

Mais matérias sobre esse tema

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade