ABRIR
FECHAR
23 de setembro de 2021
Voltar
Dados Técnicos

MOURA DUBEUX

Mirante do Cais
Por Redação

DADOS TÉCNICOS
Local: Recife (PE)
Tipo: Residencial
Dimensões: 56.178 m² (área construída)
Investimento: R$ 168,5 milhões
Entrega: 2023
Diferencial técnico: Utilização de shafts em Drywall e argamassa estabilizada

DESCRITIVO DE SOLUÇÕES

  • Inovação:

- Preenchimento de FVS e check-list do cliente via tablet, utilização de argamassa estabilizada, uso de aplicativo para controle de estoque com base em QR-Code, sistema Lean de produção, sistema de acompanhamento de manutenções preventivas para o pós-obra

  • Planejamento:

- Utilização de gráfico tempo x caminho com base no conceito de linha de balanço, para planejamento de forma macro visual e planejamento detalhado com base em valor agregado

  • Qualidade urbana:

- O empreendimento destina para uso público mais de 60% da área do terreno, que contemplará ciclovia, passeios e jardins seguindo conceito de “gentileza urbana”
- O projeto possui ainda teto verde e horta comunitária, além de contemplar sistema de reúso de águas pluviais

  • Projeto:

- O projeto atende à norma de desempenho para as edificações, com projeto realizado a partir de simulações computacionais de conforto térmico, acústico e lumínico

  • Eficiência energética:

- O projeto contempla painéis solares para geração de energia elétrica, que atenderá a área comum do empreendimento
- Possui ainda estações de recarga com tomadas para carros elétricos

  • Uso de materiais:

- A empresa desenvolveu esforços em otimizar as interfaces para uma obra sustentável a partir de tecnologias construtivas adequadas, especifi


DADOS TÉCNICOS
Local: Recife (PE)
Tipo: Residencial
Dimensões: 56.178 m² (área construída)
Investimento: R$ 168,5 milhões
Entrega: 2023
Diferencial técnico: Utilização de shafts em Drywall e argamassa estabilizada

DESCRITIVO DE SOLUÇÕES

  • Inovação:

- Preenchimento de FVS e check-list do cliente via tablet, utilização de argamassa estabilizada, uso de aplicativo para controle de estoque com base em QR-Code, sistema Lean de produção, sistema de acompanhamento de manutenções preventivas para o pós-obra

  • Planejamento:

- Utilização de gráfico tempo x caminho com base no conceito de linha de balanço, para planejamento de forma macro visual e planejamento detalhado com base em valor agregado

  • Qualidade urbana:

- O empreendimento destina para uso público mais de 60% da área do terreno, que contemplará ciclovia, passeios e jardins seguindo conceito de “gentileza urbana”
- O projeto possui ainda teto verde e horta comunitária, além de contemplar sistema de reúso de águas pluviais

  • Projeto:

- O projeto atende à norma de desempenho para as edificações, com projeto realizado a partir de simulações computacionais de conforto térmico, acústico e lumínico

  • Eficiência energética:

- O projeto contempla painéis solares para geração de energia elétrica, que atenderá a área comum do empreendimento
- Possui ainda estações de recarga com tomadas para carros elétricos

  • Uso de materiais:

- A empresa desenvolveu esforços em otimizar as interfaces para uma obra sustentável a partir de tecnologias construtivas adequadas, especificação de materiais e projetos bem-desenvolvidos e prontos para a obra
- "A compatibilização de projetos é essencial. Dessa forma, a empresa prioriza um desenvolvimento mais sustentável proveniente da menor geração de resíduos pala racionalização da produção"

  • Gestão da água, solo e resíduos:

- Redução do consumo de água: uso de lava rodas com água de reúso, uso de concretos e argamassas usinados bombeados (em vez de ensacados), tanto para fins estruturais quanto revestimentos (fachadas aderidas, emboços e revestimentos internos, contrapisos e assentamento de alvenarias), realização de treinamentos periódicos de conscientização com os funcionários da obra
- Redução da geração de resíduos: monitoramento e orientação constante da execução dos serviços e limpeza do canteiro de obras; realização de treinamentos periódicos de conscientização com os funcionários da obra; uso de argamassas dosadas em central para revestimentos internos e externos; e utilização do sistema Toyota de produção, que evita desperdícios, assim como o uso de projetos com paginação exata das elevações de alvenarias internas e externas, evitando quebras de materiais e minimizando geração de resíduos. Melhor segregação dos resíduos gerados e reaproveitamento no próprio canteiro, assim como destinação a locais que realizam beneficiamento
- Para evitar contaminação do solo: verificação de possível geração de resíduos perigosos em demolições, escavação de solos contaminados, limpeza de pincéis, derramamentos de produtos, nata de cimento, entre outros. Previsão de construção de depósito de químicos, coberto e com piso de concreto, incluindo sistema de contenção contra vazamentos para armazenamento de resíduos perigosos
- Redução do consumo de energia elétrica: exemplifica-se o uso de equipamentos economizadores no canteiro, otimização do uso de guinchos cremalheira através do sistema Toyota de produção e utilização dos elevadores definitivos de alta eficiência durante a fase de acabamentos

Mais matérias sobre esse tema

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade