ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
15 de julho de 2020
Voltar
Dados Técnicos

CAESB (CIA. DE SANEAMENTO AMBIENTAL DO DISTRITO FEDERAL)

Por Redação

Atuação: Região Metropolitana de Brasília/DF

Tipo de concessão: Plena

População atendida: 3.048.841

Índice de atendimento:

ÁGUA: 99% (3.018.353)

Extensão da rede: 9.326,633 km

Quantidade de ETAs: 12

Capacidade instalada: 11.186 l/s (2019)

Volume de perdas na rede: 74.791.345 m³/ano (ref. 2019)

ESGOTO: 89,48% (2.728.103)

Extensão da rede: 7.389,411 km

Quantidade de ETEs: 15

Capacidade instalada:

  • Tratamento secundário: 911 l/s
  • Tratamento terciário: 5.149 l/s

PRINCIPAL OBRA EM EXECUÇÃO

Obra: Implantação do Sistema de Produtor/Abastecimento de Água Corumbá

Local: Valparaíso de Goiás/GO

Objetivo: A Caesb atende a 99% da população com distribuição de água tratada e 89,48% com coleta de esgotos (com tratamento de 100% do esgoto coletado). O empreendimento suplementará o abastecimento da região sul do Distrito Federal, atendendo preferencialmente às cidades de Santa Maria, Gama e Recanto das Emas, sendo que os excedentes gerados com a entrada em funcionamento do sistema possibilitarão o abastecimento adicional de Taguatinga, Ceilândia, Águas Claras e Vicente Pires. O sistema está sendo executado por meio de um consórcio entre a Caesb e a Saneago (Companhia de Saneamento de Goiás), sendo que a parte em execução pela Caesb compreende a implantação da Estação de Tratamento de Água (ETA) Valparaíso, parte da Adutora de Água Bruta Corumbá/ETA Valparaíso, Estação Elevatória de Água Tratada Valparaíso, Adutora de Água Tratada Valparaíso/Santa Maria e Adutora de Água Tratada Santa Maria/Gama, Reservatório Apoiado com duas c&ac


Atuação: Região Metropolitana de Brasília/DF

Tipo de concessão: Plena

População atendida: 3.048.841

Índice de atendimento:

ÁGUA: 99% (3.018.353)

Extensão da rede: 9.326,633 km

Quantidade de ETAs: 12

Capacidade instalada: 11.186 l/s (2019)

Volume de perdas na rede: 74.791.345 m³/ano (ref. 2019)

ESGOTO: 89,48% (2.728.103)

Extensão da rede: 7.389,411 km

Quantidade de ETEs: 15

Capacidade instalada:

  • Tratamento secundário: 911 l/s
  • Tratamento terciário: 5.149 l/s

PRINCIPAL OBRA EM EXECUÇÃO

Obra: Implantação do Sistema de Produtor/Abastecimento de Água Corumbá

Local: Valparaíso de Goiás/GO

Objetivo: A Caesb atende a 99% da população com distribuição de água tratada e 89,48% com coleta de esgotos (com tratamento de 100% do esgoto coletado). O empreendimento suplementará o abastecimento da região sul do Distrito Federal, atendendo preferencialmente às cidades de Santa Maria, Gama e Recanto das Emas, sendo que os excedentes gerados com a entrada em funcionamento do sistema possibilitarão o abastecimento adicional de Taguatinga, Ceilândia, Águas Claras e Vicente Pires. O sistema está sendo executado por meio de um consórcio entre a Caesb e a Saneago (Companhia de Saneamento de Goiás), sendo que a parte em execução pela Caesb compreende a implantação da Estação de Tratamento de Água (ETA) Valparaíso, parte da Adutora de Água Bruta Corumbá/ETA Valparaíso, Estação Elevatória de Água Tratada Valparaíso, Adutora de Água Tratada Valparaíso/Santa Maria e Adutora de Água Tratada Santa Maria/Gama, Reservatório Apoiado com duas câmaras de 10.000 m³ em Valparaíso, Subestação Seccionadora e Rebaixadora de 138 kV, e Linha de Transmissão de Alta Tensão 2x138 kV. A ETA Valparaíso terá capacidade para tratar até 5.600 l/s. A primeira etapa do projeto, atualmente em fase de conclusão, está projetada para produzir 2.800 l/s e, na primeira fase dessa etapa, terá capacidade de produzir 1.400 l/s. Quando todas as etapas forem concluídas, o fornecimento de água no Distrito Federal será regularizado por um período de 15 anos

Investimento: R$ 334 milhões (até abril/2020; não inclui o reajuste contratual, previsto em lei e pago com recursos próprios da companhia aos fornecedores, que corresponde a um percentual aproximado de 10% do valor investido)

Estágio da obra: 96,3% (com parte do sistema já em fase de testes)

DEMAIS OBRAS EM ANDAMENTO

34 contratos de execução em andamento. Destaques:

Obra: Execução das obras/serviços de implantação do Centro de Reservação no Sistema de Abastecimento de Água do Descoberto, Balão do Periquito (reservatório Apoiado – RAP.RF2.001 e segunda câmara do Reservatório de Equalização existente REQ-GAM e rede de interligação)

Local: Riacho Fundo II (Brasília/DF), Recanto das Emas e Gama/DF

Tipo: Expansão

Investimento: R$ 21,6 milhões

Estágio da obra: 45%

Obra: Implantação de dois Reservatórios Apoiados em aço, constituídos de 15.000 m³ cada – reservatório apoiado Brasília 01 (RAP.PPL.001)

Local: ETA Brasília – Brasília/DF

Tipo: Melhoria

Investimento: R$ 35,7 milhões

Estágio da obra: 90%

Obra: Fornecimento e instalação de equipamentos para tratamento preliminar de 11 unidades operacionais do Sistema de Esgotamento Sanitário do Distrito Federal e gradeamento do polimento final da ETE de Samambaia e da ETE Alagado

Local: Brasília, Brazlândia, Gama, Paranoá, Planaltina, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria e São Sebastião/DF

Tipo: Melhoria

Investimento: R$ 30,8 milhões

Estágio da obra: 5%

Obra: Execução de obras de setorização, adequação e substituição de redes (5 contratos)

Local: São Sebastião, Taguatinga, Ceilândia, Sobradinho 1 e 2, Itapoã e Paranoá/DF

Tipo: Melhoria

Investimento: R$ 63,7 milhões

Estágio da obra: 57,8% (em média)

Obra: Execução de obras de implantação do Subsistema Gama – Melhorias nas captações dos Córregos Crispim 1 e 2, Olhos D'Água, Ponte de Terra 2 e 3 e Alagado, do Distrito Federal e Recuperação e Revitalização dos Reservatórios RAP Brasília (RAP.PPL.002), RAP Brazlândia (RAP.BRZ.001), RAP Gama (RAP.GAM.001), RAP Santa Maria (RAP.STM.001) e REQ Gama (REQ.GAM.011)

Local: Brasília, Brazlândia, Gama e Santa Maria

Tipo: Expansão e Melhoria

Investimento: R$ 16,5 milhões

Estágio da obra: 4%

Obra: Execução das obras de remanejamento dos Interceptores Ceilândia 1 (INT.CEI.001) e Ceilândia 3 (INT.CEI.003)

Local: Ceilândia/DF

Tipo: Melhoria

Investimento: R$ 24,5 milhões

Estágio da obra: 80%

PRINCIPAL PROJETO PARA 2020/2021

Obra: Implantação do Sistema Produtor de Água Paranoá Sul

Local: A planta de tratamento será instalada entre o Setor de Habitações Individuais Sul (SHIS) e o Setor Ermida Dom Bosco (SEDB), no Lago Sul, em Brasília/DF; as adutoras de água tratada e de água bruta serão instaladas no Lago Sul; e os centros de reservação de água em Brasília, no Jardim Botânico, no Lago Sul, em Santa Maria e em São Sebastião

Objetivo: O Sistema Produtor de Água Paranoá constituirá um conjunto de obras para captar e tratar a água do Lago Paranoá, de forma a torná-la adequada ao consumo da população e distribuí-la para as cidades da parcela Leste do Distrito Federal, incluindo as Regiões Administrativas de São Sebastião, Jardim Botânico, Paranoá, Lago Norte, Lago Sul, Sobradinho e Planaltina, através de um conjunto de adutoras de grande diâmetro, estações elevatórias e centros de reservação de água. O objetivo do sistema é reforçar o abastecimento das regiões atendidas por sistemas isolados, que utilizam pequenos mananciais e poços que são extremamente afetados pela estação seca anual, utilizando como técnica para tratamento da água o sistema avançado de ultrafiltração por meio de membranas. O sistema terá capacidade inicial de produção de 2.100 l/s de água potável, complementando o sistema já existente do Lago Paranoá, que é a captação e tratamento na ETA Lago Norte, com produção de 700 l/s, totalizando 2.800 l/s da outorga para abastecimento público do Distrito Federal

Investimento: R$ 240,3 milhões (1ª e 2ª etapas)

Estágio da obra: Fase licitatória e de projeto, enquanto outras já se encontram contratadas

Mais matérias sobre esse tema

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade