FECHAR
FECHAR
17 de outubro de 2019
Voltar

INVESTIMENTOS

SP assina empréstimo de mais de R$ 1 bi para o metrô

Objeto da operação, o monotrilho da Linha 17-Ouro vai interligar a malha metroferroviária da cidade ao aeroporto de Congonhas
Fonte: Assessoria de Imprensa

No início do mês, o governo do estado de São Paulo assinou um empréstimo de US$ 296 milhões com o CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) para a finalização do primeiro trecho da Linha 17-Ouro.

O valor faz parte de uma autorização aprovada pelo Senado Federal para uma série de investimentos no estado, no valor de US$ 933 milhões, incluindo outras instituições financeiras.

“A autorização desse empréstimo comprova que nosso governo é comprometido com a retomada e entrega das obras prioritárias para os cidadãos, entre elas a linha 17-Ouro”, ressaltou o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy. “Esse valor vai acelerar a melhoria da mobilidade urbana para os paulistanos.”

O empréstimo está estruturado em quatro componentes principais: obras, sistemas operacionais, material rodante e gestão. Quando estiver pronto, o monotrilho terá 7,7 km, ligando o aeroporto de Congonhas à Estação Morumbi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). As estações contempladas são: Congonhas, Brooklin Paulista, Jardim Aeroporto, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro, Chucri Zaidan e o pátio Água Espraiada.

“Um financiamento deste tipo só é possível quando os projetos são bem estruturados. No caso de São Paulo, temos a vantagem de um planejamento inteligente, bem realizado e absolutamente transparente”, destacou Milton Santos, secretário executivo da Secretaria de Fazenda e Planejamento.

“Os recursos investidos facilitarão o dia a dia e a mobilidade da população da capital e da Região Metropolitana de São Paulo”, finalizou.

Da esquerda para a direita: Milton Santos, secretário executivo da Secretaria de Fazenda e Planejamento, Jaime Manuel Holguin Torres, representante do CAF, e Silvani Pereira, presidente do Metrô SP

Da esquerda para a direita: Milton Santos, secretário executivo da Secretaria de Fazenda e Planejamento, Jaime Manuel Holguin Torres, representante do CAF, e Silvani Pereira, presidente do Metrô SP