FECHAR
FECHAR
21 de novembro de 2019
Voltar

LANÇAMENTOS

Trina Solar lança painéis solares de alta potência

Os novos módulos Tallmax com potência de 430W a 450W e Duomax Twin com potência de 430W a 445W são as novidades da empresa para o Brasil
Fonte: Assessoria de Imprensa

A chinesa Trina Solar, empresa global de energia fotovoltaica e fornecedora de soluções inteligentes completas em energia, anuncia o lançamento mundial de painéis solares com potência máxima de até 450W, que já estão disponíveis para o mercado brasileiro com entrega prevista para 2020.

Com os novos módulos Tallmax com potência de 430W a 450W e Duomax Twin com potência de 430W a 445W, a Trina Solar se torna a única empresa global do segmento de energia solar a disponibilizar painéis de altíssima potência no mercado brasileiro e no mercado global ao mesmo tempo.

“A Trina Solar detectou uma tendência de mercado, que é a preferência por módulos de maior potência. No ano que vem, é muito provável que a empresa já tenha módulos da geração seguinte, com potência de 500W”, comentou o diretor geral para América Latina e Região do Caribe da Trina Solar, o espanhol Álvaro García-Maltrás.

“Estamos avançando muito rapidamente do ponto de vista tecnológico. Em 2018, o módulo mais comercializado era o policristalino de 330W na América Latina, e os módulos monocristalinos de 370W, mais eficientes porém mais caros, eram vendidos em menor quantidade”, expl...


A chinesa Trina Solar, empresa global de energia fotovoltaica e fornecedora de soluções inteligentes completas em energia, anuncia o lançamento mundial de painéis solares com potência máxima de até 450W, que já estão disponíveis para o mercado brasileiro com entrega prevista para 2020.

Com os novos módulos Tallmax com potência de 430W a 450W e Duomax Twin com potência de 430W a 445W, a Trina Solar se torna a única empresa global do segmento de energia solar a disponibilizar painéis de altíssima potência no mercado brasileiro e no mercado global ao mesmo tempo.

“A Trina Solar detectou uma tendência de mercado, que é a preferência por módulos de maior potência. No ano que vem, é muito provável que a empresa já tenha módulos da geração seguinte, com potência de 500W”, comentou o diretor geral para América Latina e Região do Caribe da Trina Solar, o espanhol Álvaro García-Maltrás.

“Estamos avançando muito rapidamente do ponto de vista tecnológico. Em 2018, o módulo mais comercializado era o policristalino de 330W na América Latina, e os módulos monocristalinos de 370W, mais eficientes porém mais caros, eram vendidos em menor quantidade”, explica García-Maltrás.

“Neste ano, houve uma mudança com o surgimento de módulos mais potentes nas duas categorias. Portanto, se antes o mercado era composto por 95% de módulos policristalinos, em 2019 essa porcentagem de monocristalinos e policristalinos se igualou no mesmo patamar”, acrescentou.