FECHAR
FECHAR
10 de abril de 2014
Voltar
Momento M&T Peças e Serviços

M&T Peças e Serviços: Tecnologia e Produtividade

A busca constante por produtividade nos canteiros de obras motivou a Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração a ampliar o conceito da M&T Peças e Serviços – 2ª Feira e Congresso de Tecnologia e Gestão de Equipamentos para Construção e Mineração, a ser promovida entre os dias 3 e 6 de junho, no Imigrantes Exhibition & Convention Center (SP).

A partir desta edição, a feira passa a incorporar uma nova área: gestão de máquinas, uma vez que ela proporciona uma série de vantagens competitivas às construtoras e mineradoras. “Além da questão relativa à produtividade, um gerenciamento eficiente dos equipamentos também pode resultar em menor custo de manutenção com a frota e aumento da segurança tanto para o operador como para os trabalhadores em um canteiro de obras”, explica Hugo Ribas Branco, diretor de feiras da Sobratema, organizadora e promotora da M&T Peças e Serviços.

Para Christophe Boinelle, gerente de produto Machine Control da Leica Geosystems para América do Sul, a M&T Peças e Serviços é uma feira de extrema importância, pois nela são apresentadas as novas tecnologias do setor, além de ser uma oportunidade para prospectar clientes, realizar negócios e buscar novos parceiros. A empresa levará para o evento os sistemas iCP31 excavate e iCP42 Grade, com sensores e GPS instalados sobre a máquina para conhecer a posição da caçamba e para poder escavar à altura correta sem necessidade de trabalhadores ao redor do equipamento. “O operador tem toda a informação por meio de uma tela instalada na cabine, eliminando a interação homem/máquina e aumentando significativamente a segurança e produtividade”, afirma.

A M&T Peças e Serviços também será uma exposição importante para os fabricantes e importadores de equipamentos pelo momento vivido pelo País. “Temos muitos obras em andamento em todo o Brasil, como os projetos do Minha Casa Minha Vida e os milhares de quilômetros que serão ampliados, modernizados e/ou reformados em rodovias por conta das concessões recém-anunciadas, que necessitarão de equipamentos para concreto”, avalia Fabio Ietto de Mello, engenheiro de vendas da Copex.

Na análise de Daniel Martins, diretor da DMM-ie, empresa que representa a italiana Cangini com exclusividade no Brasil, a proposta e foco da M&T Peças e Serviços foram inovadores e são necessários. “A iniciativa da Sobratema em criar uma feira focada no relacionamento empresa com o cliente, mostra que a preocupação com suporte técnico efetivo e desenvolvimento e aprimoramento de novas soluções em conjunto com as empresas que consomem equipamentos é uma necessidade apontada pelos próprios clientes de grandes montadoras e fabricantes de máquinas”, acrescenta.