FECHAR
FECHAR
23 de novembro de 2013
Voltar
Momento M&T Peças e Serviços

Fabricantes de equipamentos estão investindo no Brasil

O potencial de expansão das áreas de construção, mineração e infraestrutura no Brasil vem atraindo grandes fabricantes de equipamentos, que estão interessados em garantir e conquistar parte desse mercado. As coreanas Doosan e Hyundai já inauguraram suas fábricas, em Americana (SP), e em Itatiaia (RJ), respectivamente. A Hyundai possui uma parceria com a brasileira BMC. Outras fabricantes estão construindo suas unidades ou ampliando as plantas que já se encontram em operação.

Fabricante mundial de equipamentos para concreto, a chinesa Zoomlion Cifa está investimento aproximadamente R$ 20 milhões em sua primeira fábrica no Brasil, na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo. “A Zoomlion decidiu investir no Brasil em 2008, mas só nos últimos dois anos, com o crescimento do setor da construção civil e das demandas de infraestrutura, como em todos os países do BRICs, a empresa teve certeza dessa necessidade de investimento e de construção de uma fábrica no País”, afirma Marcelo Antonelli, CEO da companhia. As operações da nova planta, com capacidade de produção para 1.200 equipamentos por ano, devem começar até o final deste ano.

Outra fabricante chinesa, a Sany, anunciou recentemente a retomada das obras de sua fábrica no município de Jacareí (SP). “Retomaremos a construção da nova unidade no final de 2013. Os trabalhos de terraplenagem já foram concluídos”, conta David Cui, presidente da Sany do Brasil. A primeira fase das obras deverá ser entregue até o final de 2014, com a construção de um galpão e da área administrativa. “Uma das tarefas prioritárias é realizar a nacionalização da linha de escavadeiras, para que até o final de 2016, todos os modelos sejam fabricados no Brasil”, acrescenta.

Além da construção de duas fábricas na cidade de Indaiatuba (SP), uma delas em parceria com a japonesa Hitachi, a norte-americana John Deere Construção começa a instalar uma série de distribuidoras pelo País. Nos últimos meses, foram inaugurados três grandes distribuidores, no Sul e Sudeste, além do anúncio de uma parceria para atender à região Norte. No total, serão investidos pelos distribuidores R$ 73 milhões ao longo dos próximos quatro anos. O esforço da fabricante e de seus parceiros se baseia na expectativa de que o mercado de construção crescerá, no Brasil, entre 5% a 10% nos próximos três anos.

Já a inglesa JCB investiu mais US$ 20 milhões para a construção de uma unidade para pintura de peças em sua fábrica na cidade de Sorocaba (SP), inaugurada há pouco mais de um ano, que consumiu investimentos da ordem de US$ 100 milhões. Desde outubro, com a implantação de uma nova linha, estão sendo fabricadas pás carregadeiras, retroescavadeiras, escavadeiras, manipulador telescópico e rolo compactador.