FECHAR
FECHAR
20 de fevereiro de 2013
Voltar
Especial Ceará - Turismo

Alta estação com quase um milhão de turistas

Indústria do turismo se consolida como um dos principais indutores de desenvolvimento econômico do estado do Ceará

O ano de 2012 consolidou o turismo como um dos principais indutores do desenvolvimento do estado do Ceará, gerando um impacto no PIB acima de R$ 8 bilhões. Esses números tiveram altas constantes nos últimos cinco anos, ou seja, no período entre 2006 e 2011. No período analisado, a renda gerada a partir das atividades econômicas relacionadas ao turismo cresceu 83,9% (com média anual de 13%), passando de R$ 4,37 bilhões em 2006, para R$ 8,037 bilhões em 2011. A receita direta também evoluiu nos mesmos patamares percentuais, passando de R$ 2,5 bilhões para R$ 4,6 bilhões, aproximadamente. Quanto à participação no Produto Interno Bruto (PIB) cearense, a variação foi de 17,1%, passando de 9,4% para 11%.

O setor hoteleiro também comemora a ampliação da demanda que, na capital, saltou de 1.082.274 para 1.560.327 no período uma alta de 44,2%. Já a taxa média de ocupação dos meios de hospedagem passou de 57,4% para 67,6%. A oferta hoteleira (UHs) também foi ampliada, passando de 24.294 para 27.836, uma elevação de 14,6%. Com mais dinheiro movimentado pelo setor, os empregos gerados também dispararam. Em 2006, eram 117.997 pessoas trabalhando formalmente no setor, ante 129.990 em 2011. Esses 11.993 profissionais a mais registrados representam alta de 10,2%.

Um dos principais responsáveis pelo incremento foi o número de turistas no Ceará, que teve um incremento de quase 800 mil pessoas. Foram 2.062.493 em 2006 e 2.848.459 em 2011. No acumulado do período, o fluxo turístico cresceu 38,1%, com uma média anual de 6,7%.

O ano de 2012 representou a consolidação do projeto implementado desde 2007, que identificou e priorizou o turismo como fator de desenvolvimento econômico e social. Os projetos em curso e as capacitações de profissionais e empresários vão impulsionar ainda mais os resultados da atividade.

Esse processo será arrematado com as Copas das Confederações, em 2013, e do Mundo, em 2014. Os dois eventos irão proporcionar grande visibilidade, repercussão extremamente positiva, dependendo do êxito da organização das duas competições internacionais.

Aeroportos

Uma das bases da estratégia de fortalecimento do turismo adotada pelo Governo do Estado é incentivar a malha aérea regional. Entre os diversos aeroportos regionais, destacam-se dois turísticos tocados pela Secretaria de Turismo: Aracati, inaugurado em agosto de 2012, e Jericoacoara, cuja previsão de inauguração é o segundo semestre de 2013.