FECHAR
FECHAR
10 de abril de 2014
Voltar
Aeroportos

Aeroportos brasileiros perdendo a última chamada

Pelo menos metade dos aeroportos localizados nas cidades-sede dos jogos da Copa 2014 está com obras atrasadas e não ficará inteiramente pronta a tempo para o campeonato mundial de futebol

Horizonte sombrio: Pesquisa do Ipea revela que 12 dos 20 maiores aeroportos brasileiros já operam acima de sua capacidade instalada e outros cinco encontram-se perto do limite.

A menos de três meses da cerimônia de abertura da Copa da Fifa de Futebol 2014, o país vive a incerteza se o sistema aeroportuário brasileiro, que já opera normalmente no limite da sua capacidade,  será capaz de atender ao grande crescimento de demanda gerada pela movimentação de torcedores, atletas e jornalistas do mundo inteiro, entre as cidades-sede dos jogos. Um hotsite (http://obras.infraero.gov.br) recém-criado pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero, contendo o acompanhamento atualizado das obras nos aeroportos, permite concluir que pelo menos metade dos aeroportos das sedes da Copa não ficará pronta para o campeonato mundial.

Galeão: obras no Terminal 1 só ficarão prontas em janeiro de 2015

Um deles é o Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, onde as intervenções no Terminal 1 só ficarão prontas em janeiro de 2015. No aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, o prazo para a conclusão das obras é para novembro deste ano. Em Curitiba, a situação é ainda pior: a conclusão será em março de 2016. No aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, parte das obras só será finalizada em novembro deste ano. Outra parte será entregue apenas em 2016. No aeroporto de Recife, a conclusão da modernização da torre de controle sequer tem prazo para ser iniciado. E no Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza, as obras só serão totalmente entregues em setembro de 2017, ou seja, nove meses antes da próxima Copa do Mundo, na Rússia, em junho de 2018.

Obras da a última etapa do conector do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes foram finalizadas em 2011

Entre os terminais que estão com obras dentro do prazo previsto estão os de Manaus, de Salvador e Cuiabá, com conclusão assegurada em abril deste ano; e o aeroporto Augusto Severo, em Natal, com finalização em maio.

Já a conclusão das obras nos aeroportos de Viracopos (em Campinas), Guarulhos (em São Paulo) e Brasília, que foram privatizados em 2012, serão entregues dentro do prazo e estarão prontas para a Copa do Mundo.