ABRIR
FECHAR
14 de outubro de 2021
Voltar

Noruega fará túnel de navios de grande porte

Com previsão de inauguração em 2025, obra terá 1,7 km de extensão, 49 m de altura e 36 m de largura
Fonte: UOL

Ao custo de US$ 312 milhões, um dos trechos mais perigosos do litoral norueguês vai ganhar o primeiro túnel de navios de grande porte do mundo.

A construção atravessará a península de Stad, na intersecção do Mar do Norte com o Mar da Noruega, uma área com condições marítimas imprevisíveis, ventos, topografia complexa e naufrágios recorrentes.

Desde os anos 1980 havia propostas para o projeto, que entrou no plano de transporte nacional em 2013 e, agora, as obras foram autorizadas a começar.

Com previsão de inauguração em 2025, o túnel terá 1,7 km de extensão, 49 m de altura e 36 m de largura, o suficiente para a passagem dos navios que fazem as rotas regionais na Noruega. Ao deixar de contornar a península, as embarcações deixarão de fazer 56 km em cada viagem.

A NCA, órgão que administra a costa norueguesa, afirma que o projeto economizará combustível dos navios e tornará as viagens mais previsíveis, sem depender tanto das intempéries marítimas.

O empreendimento precisará tirar do caminho cerca de 3 milhões de metros cúbicos de rochas. O primeiro passo será a perfuração horizontal a partir das duas pontas. Depois, explosivos para limpar o teto. Limia...


Ao custo de US$ 312 milhões, um dos trechos mais perigosos do litoral norueguês vai ganhar o primeiro túnel de navios de grande porte do mundo.

A construção atravessará a península de Stad, na intersecção do Mar do Norte com o Mar da Noruega, uma área com condições marítimas imprevisíveis, ventos, topografia complexa e naufrágios recorrentes.

Desde os anos 1980 havia propostas para o projeto, que entrou no plano de transporte nacional em 2013 e, agora, as obras foram autorizadas a começar.

Com previsão de inauguração em 2025, o túnel terá 1,7 km de extensão, 49 m de altura e 36 m de largura, o suficiente para a passagem dos navios que fazem as rotas regionais na Noruega. Ao deixar de contornar a península, as embarcações deixarão de fazer 56 km em cada viagem.

A NCA, órgão que administra a costa norueguesa, afirma que o projeto economizará combustível dos navios e tornará as viagens mais previsíveis, sem depender tanto das intempéries marítimas.

O empreendimento precisará tirar do caminho cerca de 3 milhões de metros cúbicos de rochas. O primeiro passo será a perfuração horizontal a partir das duas pontas. Depois, explosivos para limpar o teto. Limiares de pedra nas aberturas manterão a água afastada durante a construção.

A expectativa é que até 100 navios por dia usem o túnel, que será de mão única, alternando o sentido de hora em hora. Embarcações comerciais terão prioridade na passagem, mas já se espera um incremento também nas viagens de turismo.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade