FECHAR
FECHAR
04 de março de 2021
Voltar

Guincho elétrico reforça a frota de veículos operacionais da Ecopistas

A novidade, que chegou no último final de semana, auxiliará no atendimento aos usuários
Fonte: Assessoria de Imprensa

A frota de guinchos, que atua nas rodovias do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, ganhou reforço. A Ecopistas, em parceria com a Porto Seguro, disponibilizou um guincho elétrico que aturará nos atendimentos aos usuários.

Com autonomia para 240km, capacidade de bateria de 97Kwh e recarga em até 6h, esse é o segundo veículo elétrico da EcoRodovias usado para operação em rodovia no Brasil.

O veículo elétrico se soma às 26 viaturas que estarão em operação nas rodovias, entre elas: ambulâncias de resgate e UTI, guinchos leves e pesados, veículos para inspeção de tráfego, supervisão e apoio. Serão mais de nove guinchos para atender aos usuários nos períodos de maior movimentação no Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto.

Dentre os benefícios do guincho elétrico está a emissão de 96% menos gases de efeito estufa do que os veículos convencionais, ou seja, emite apenas um total de 1,80 de C02 (t) em comparação aos 41,9 de CO2 (t) de um guincho leve convencional, que representa um potencial de redução de cerca de 40,1 de CO2 (t).

Além disso, não contribuem com a poluição sonora, pois são 100% silenciosos, o que também é considerada uma das suas prin...


A frota de guinchos, que atua nas rodovias do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, ganhou reforço. A Ecopistas, em parceria com a Porto Seguro, disponibilizou um guincho elétrico que aturará nos atendimentos aos usuários.

Com autonomia para 240km, capacidade de bateria de 97Kwh e recarga em até 6h, esse é o segundo veículo elétrico da EcoRodovias usado para operação em rodovia no Brasil.

O veículo elétrico se soma às 26 viaturas que estarão em operação nas rodovias, entre elas: ambulâncias de resgate e UTI, guinchos leves e pesados, veículos para inspeção de tráfego, supervisão e apoio. Serão mais de nove guinchos para atender aos usuários nos períodos de maior movimentação no Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto.

Dentre os benefícios do guincho elétrico está a emissão de 96% menos gases de efeito estufa do que os veículos convencionais, ou seja, emite apenas um total de 1,80 de C02 (t) em comparação aos 41,9 de CO2 (t) de um guincho leve convencional, que representa um potencial de redução de cerca de 40,1 de CO2 (t).

Além disso, não contribuem com a poluição sonora, pois são 100% silenciosos, o que também é considerada uma das suas principais qualidades, já que são utilizados em rodovias com grande fluxo de veículos e, consequentemente, diferentes tipos e volume de sons.

“Uma das nossas missões é aliar a excelência no atendimento ao motorista que trafega no corredor com a sustentabilidade. Esse modelo além de reduzir a emissão de gases poluentes, também diminui a poluição sonora. O veículo foi testado no trecho urbano e nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes e, neste momento, o projeto está sendo aplicado em todas as rodovias do Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto” explica o Coordenador de Tráfego da Ecopistas, Gustavo Dávila.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159 - Fax (11) 3662-2192

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade