FECHAR
08 de maio de 2019
Voltar

LOGÍSTICA / Transporte de passageiros sobre trilhos cresce 21% em 2018

A utilização de linhas metrô, trem e VLT proporcionam:

- Economia de tempo de deslocamento em 50 minutos ao dia, que somados equivalem a três dias no mês;

- Economia de 1 bilhão de litros de combustível fóssil;

- Redução de emissões de 2,4 milhões de toneladas de poluentes, com menor quantidade de veículos em trânsito e queima de combustível;

- Redução de R$ 820 milhões em custos com acidades;

- Retirada de 1,3 milhão de carros e 18 mil ônibus ao dia das ruas dos centros urbanos onde os sistemas estão instalados;

- Devolução à sociedade de R$ 30 bilhões em 2018, valor medido em termos de custos evitados com tempo de deslocamento, consumo de combustíveis fósseis e emissão de gases poluentes.

“O transporte sobre trilhos é um modo rápido, de alta capacidade de transporte, seguro e ambientalmente limpo que contribui de forma significativa para a qualidade de vida dos cidadãos, que chegam mais rápido ao seu destino e podem usufruir de mais tempo com o lazer, o estudo e a família. Por essas razões, o investimento em transporte estruturante, por meio de trilhos, é visto como um dos principais caminhos para transformar a realidade do país em um cenário mais favorável e benéfico aos cidadãos”, destaca Flores.