FECHAR
FECHAR
09 de janeiro de 2020
Voltar

LOGÍSTICA

Siemens Mobility apresenta plataforma de mobilidade para integrar modais

Por meio da solução, será possível realizar trajetos por meio de diferentes meios de transporte a partir de um único aplicativo de interface com o passageiro
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Siemens Mobility apresenta ao mercado brasileiro a plataforma MaaS (Mobility as a Service), solução que integra e dá acesso a diversos serviços de transportes em uma exclusiva plataforma digital.

A adoção da ferramenta de intermodalidade, voltada para empresas privadas e operadores públicos de transportes, permite a integração de dados de diversos meios de transporte e a criação de trajetos mais adequados de acordo com o perfil de cada usuário.

O grande diferencial do sistema, que pode ser utilizado facilmente em qualquer smartphone, é justamente seu algoritmo próprio, desenvolvido para entender e personalizar a experiência do usuário com respostas adequadas ao nível de oferta de transporte público e demais serviços de mobilidade disponíveis no momento, como conforto, preço e rapidez.

Além disso, graças ao gerenciamento e análise dos dados obtidos, o operador consegue criar um perfil de mobilidade da cidade, adequando a oferta de transporte público e fazendo deste uma alternativa mais atrativa ao transporte particular.

De acordo com a pesquisa Origem e Destino de 2017, do Metro de São Paulo, o número de paulistanos que combinam mais de um modal na mesma viagem passou de 34% em 2007 para 38% em 2017.

Além disso, de acordo com a con...


A Siemens Mobility apresenta ao mercado brasileiro a plataforma MaaS (Mobility as a Service), solução que integra e dá acesso a diversos serviços de transportes em uma exclusiva plataforma digital.

A adoção da ferramenta de intermodalidade, voltada para empresas privadas e operadores públicos de transportes, permite a integração de dados de diversos meios de transporte e a criação de trajetos mais adequados de acordo com o perfil de cada usuário.

O grande diferencial do sistema, que pode ser utilizado facilmente em qualquer smartphone, é justamente seu algoritmo próprio, desenvolvido para entender e personalizar a experiência do usuário com respostas adequadas ao nível de oferta de transporte público e demais serviços de mobilidade disponíveis no momento, como conforto, preço e rapidez.

Além disso, graças ao gerenciamento e análise dos dados obtidos, o operador consegue criar um perfil de mobilidade da cidade, adequando a oferta de transporte público e fazendo deste uma alternativa mais atrativa ao transporte particular.

De acordo com a pesquisa Origem e Destino de 2017, do Metro de São Paulo, o número de paulistanos que combinam mais de um modal na mesma viagem passou de 34% em 2007 para 38% em 2017.

Além disso, de acordo com a consultoria Kantar, a cidade de São Paulo ocupa a 30ª posição no ranking da mobilidade urbana e o 8ª lugar no uso de aplicativos de viagens no mundo, o que mostra uma predisposição em optar por diferentes meios para poder chegar ao seu destino.

“Nos principais centros urbanos do país, grande parte da população passa cerca de duas horas por dia em deslocamento. Esse lançamento vem para responder a uma demanda cada vez maior por uma solução de mobilidade prática, acessível e de alta confiabilidade, que se traduz em uma melhora real na qualidade de vida das pessoas”, afirma Andreas Facco Bonetti, CEO da Siemens Mobility no Brasil.

A plataforma já tem ajudado usuários de diversos países a terem uma experiência de mobilidade muito mais completa, principalmente em grandes centros urbanos. A Siemens Mobility atua com mais de 80 provedores de diversos tipos de serviços de mobilidade em países como Alemanha, Áustria, Estados Unidos e Suíça.

“Conseguimos entregar dados em tempo real ao usuário, por exemplo, a que horas o ônibus vai chegar, qual carro está mais vazio no metrô e qual o tempo médio de sua viagem”, completa Facco Bonetti.