FECHAR
FECHAR
29 de agosto de 2019
Voltar

TÉCNICAS

Solução que usa energia solar para detectar incêndios florestais diminui em 75% as queimadas

O Firehawk, consiste, basicamente, em torres equipadas com câmeras de alta definição e um software com um avançado algoritmo de detecção automática de incêndios
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Neosolar Energia, fornecedora de soluções de energia solar fotovoltaica, comemora três anos de parceria e excelentes resultados com a Working on Fire, empresa de um grupo sul-africano que oferece soluções de manejo integrado de fogo, em sistema que usa energia solar para detectar automaticamente incêndios ambientais.

Há três anos, as marcas começaram a parceria instalando a solução numa empresa de celulose, que fica em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul e, como resultado, nesse período, o sistema ajudou a diminuir em 75% o número de áreas queimadas.

O Firehawk, consiste, basicamente, em torres equipadas com câmeras de alta definição e um software com um avançado algoritmo de detecção automática de incêndios.

Neste projeto, especificamente, ele protege cerca de 120 mil hectares de floresta, entre áreas de cultivo e áreas de preservação ambiental. São 11 torres, oito alimentadas por um sistema híbrido de geração solar fotovoltaica e eólica, e outras três com fornecimento de energia elétrica da Distribuidora local.

“A grande vantagem da solução é proporcionar, 24 horas por dia, uma rápida detecção de incêndio e, consequentemente, um rápido início de combate”, ressalta Daniel Santos, diretor Brasil da Working on Fire.

“A parceria com a NeoSolar é fundamental para esta solução. Grande parte das torres está localizada em áreas remotas das florestas comerciais e, por consequência, não assistidas por redes de distribuição de energia elétrica. A energia solar permite uma cobertura adequada do sistema de detecção, com um valor de investimento infinitamente inferior comparado à eventual necessidade de ampliação de redes de distribuição por parte das Distribuidoras”, afirma Santos.