18 de abril de 2019
Voltar

INFRAESTRUTURA

Evento sobre Segurança Jurídica nas Concessões reúne Consórcios e Governo em SP

Empresários discutirão entraves e alternativas para os próximos leilões e levarão experiências nacionais e internacionais de construção e administração para novas oportunidades de negócios em rodovias, aeroportos e ferrovias
Fonte: Assessoria de Imprensa

De olho nos novos negócios com as novas concessões de infraestrutura e atentos às necessidades de segurança jurídica, altos investidores se reunião com governo e autoridades reguladoras no dia 24 de Abril, em São Paulo, no principal fórum de negócios sobre Segurança Jurídica em Contratos de Infraestrutura e Investimentos.

O evento terá avaliações críticas dos resultados obtidos: o que deve ser evitado e o que pode ser aperfeiçoado para o retorno das obras paradas em todo o Brasil.

Pela primeira vez, o TCU integrará o seleto evento e esclarecerá como se dará a nova atuação dos órgãos de controle nos grandes projetos de infraestrutura, gestão do controle e dos riscos nos contratos.

Já a Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) apresentará aos executivos o novo pacote de desestatização, PPPs e Concessões e seus impactos para consórcios e novos contratos.

Já o BNDES levará aos investidores a nova estratégia de financiamento do banco nesse momento para garantir o início das obras e estabilidade dos projetos, diminuindo os riscos para investimentos.

Os participantes terão ainda acesso à avaliação que a Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib) faz sobre soluções jurídicas e econômicas para destravar investimentos no setor de rodovias, ferrovias e aeroportos e discutirá como serão as regras e oportunidades para as novas concessões.

Serão apresentadas alternativas para a iniciativa privada se adequar aos contratos de concessão de serviços públicos para ampliação, manutenção e exploração dos empreendimentos.

No aspecto jurídico, os escritórios envolvidos nos leilões abordarão quais foram as questões críticas das primeiras concessões, novas alternativas para investidores e melhores práticas para planejar e executar projetos adequados às regras para concessões.