FECHAR
05 de setembro de 2019
Voltar

CONSTRUÇÃO / A compensação ambiental na obra da Tamoios

Uma parte dessa água é utilizada na operação dos jumbos dentro dos túneis, enquanto outra parte segue para uma estação de tratamento de efluentes, onde é devidamente tratada para ficar dentro dos padrões estabelecidos pela Cetesb para o Parque Estadual da Serra do Mar.

Após esse processo de tratamento, á agua é devolvida in natura ao meio ambiente.

“Para obtenção das licenças ambientais, tivemos que explicitar no projeto como seria o processo de coleta e tratamento da água de infiltração dos túneis, antes de devolvê-la como efluente”, reforça o gerente de engenharia da Tamoios, Robinson Ávila.

“Esse foi um aspecto discutido exaustivamente na fase de licenciamento e, em muitos casos, a água é devolvida em qualidade até superior à encontrada na natureza”, assegura o especialista.

Obra contém o túnel mais longo em execução

Já com 50% de conclusão, a obra da Tamoios prevê a construção de quatro túneis que, juntos, totalizam 12,8 km de extensão. Com 5.555 m, o túnel rodoviário no 3/4 é mais longo atualmente em execução no país. Confira a extensão de cada uma dessas obras de arte.

TÚNEL 1

2.889 m

TÚNEL 2

721 m

TÚNEL 3/4

5.555 m

TÚNEL 5

3.696 m