FECHAR
FECHAR
26 de fevereiro de 2014
Voltar
Greenbuilding

Reciclagem de sólidos é um bom negócio

Outra prática que está ganhando terreno lentamente, nos canteiros de obras por todo o Brasil, não só pelas vantagens ambientais, mas também pelos resultados que gera em termos de redução dos custos das obras, é a britagem de sólidos e reciclagem de entulhos. Com esse procedimento, as construtoras tentam reverter o papel de vilã que tradicionalmente desempenha, por ser uma grande geradora de poluição ambientai.

Só em São Paulo, metade de todo o lixo produzido no estado mais de 17 mil toneladas de resíduos sólidos por dia vem das sobras da construção civil. Há 10 anos uma resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) obriga as construtoras a fazerem o descarte de todo o material em aterros, o que gera um custo alto pelo transporte, que envolve toda uma logística especial, e pela desova do material propriamente dito. Quando a opção é feita pelo transporte para usinas de reciclagem, o custo é até 40% menor.

As usinas localizadas em São Paulo têm capacidade instalada para reciclagem de 80 mil toneladas/mês, mas só produzem 25% desse total. Falta o desenvolvimento da cultura de reciclagem no setor. A falta de efetividade dessa prática e o descompromisso das construtoras no manejo e destinação correta dos resíduos provocam os seguintes impactos ambientais:

Degradação das áreas de manancial e de proteção permanente;

Proliferação de agentes transmissores de doenças;

Assoreamento de rios e córregos;

Obstrução dos sistemas de drenagem, tais como piscinões, galerias, sarjetas, entre outros;

Ocupação de vias e logradouros públicos por resíduos, com prejuízo à circulação de pessoas e veículos;

Degradação da paisagem urbana;

Existência e acúmulo de resíduos que podem gerar risco por sua periculosidade.

Localizada no município de Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, a Eco-X recebe resíduos de construção e demolição da região, tais como resíduos de blocos de concreto; argamassas de cimento ou mistas, de assentamento ou revestimento; componentes de concreto, como blocos, tubos de concreto, bloquetes e lajotas; e resíduos de pedra britada e de areia naturais.

Desse material resultam os seguintes materiais:

Areia Reciclada

Produto obtido diretamente da britagem de resíduos de concreto da construção civil e demolição;