FECHAR
FECHAR
12 de setembro de 2019
Voltar

TENDÊNCIAS

Mineração brasileira anuncia novas rotas de desenvolvimento para o futuro

Durante a Exposibram, foi apresentada a Carta Compromisso do Ibram perante a sociedade, documento este estabelece a visão do Instituto sobre como a indústria minerária irá construir o futuro da mineração e a mineração do futuro
Fonte: Assessoria de Imprensa

A cerimônia de abertura da Exposibram – Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2019), realizada no dia 9 de setembro, reuniu toda a cadeia da indústria da mineração, representantes de entidades do setor e, ainda, políticos para um debate sobre o futuro do setor que, historicamente, é um dos maiores parceiros do processo de desenvolvimento socioeconômico nacional.

O evento acontece de 9 a 12 de setembro, em Belo Horizonte, MG, sendo considerado um dos maiores e mais expressivos da América Latina para o setor.

Em um momento de reflexão vivido pelo setor como um todo, o evento começou com um minuto de silêncio pelas vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho, em janeiro deste ano.

O presidente do Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Wilson Nélio Brumer avaliou que as recentes tragédias envolvendo barragens devem ser compreendidas como lições para a mineração brasileira.

"As tragédias de Mariana (2015) e Brumadinho (2019) afetaram vidas, meio ambiente e a situação econômica do Estado de Minas Gerais. Defendemos que as investigações sejam feitas e que sirvam de lições e conhecimento do que aconteceu, para que esses fatos não se repitam. Mas, neste momento, temos que analisar como será a mineração do futuro e o futuro da mineração, com um novo patamar de regulação operacional e de segurança, mais proximidade com as comunidades e um modelo de comunicação, para fazer com que a sociedade entenda a importância da mineração", enfatizou.

Uma das respostas do setor é a Carta Compromisso do Ibram Perante a Sociedade, que foi lançada durante a cerimônia.

O documento estabelece a visão do Instituto sobre como a indústria minerária irá construir o futuro da mineração e a mineração do futuro.

É uma declaração pública de novos propósitos voluntários para a indústria minerária, com metas mensuráveis, verificáveis, reportáveis, críveis, alcançáveis e implementáveis.

Este conjunto de propostas está relacionado a 12 áreas: Segurança operacional; Barragens e estruturas de disposição de rejeitos; Saúde e segurança ocupacional; Mitigação de impactos ambientais; Desenvolvimento local e futuro dos territórios; Relacionamento com comunidades; Comunicação & reputação; Diversidade & inclusão;
Inovação; Água; Energia; e Gestão de resíduos.