FECHAR
22 de agosto de 2019
Voltar

TENDÊNCIAS

Robô autônomo móvel e a automatização da logística interna da indústria

Os robôs móveis autônomos (AMR, por sua sigla em inglês) oferecem uma plataforma avançada e flexível que se ajusta às demandas nos processos de manufatura para manter a competitividade e reduzir os custos
Fonte: Assessoria de Imprensa

Por Omar Alejandro Aquino Bolaños*

Com a chegada da quarta revolução industrial, empresas de todos os tamanhos estão procurando maneiras de automatizar seus processos para aumentar sua competitividade, sempre cuidando da segurança de seus funcionários.

Um dos grandes desafios na automação de processos de fabricação é o transporte de materiais e paletes que ainda são feitos por pessoas, empilhadeiras e sistemas inflexíveis, como veículos automatizados guiados (AGV, por sua sigla em inglês) e transportadores.

Os robôs móveis autônomos (AMR, por sua sigla em inglês) vêm mudando esse paradigma, oferecendo uma plataforma avançada e flexível que se ajusta às demandas nos processos de manufatura para manter a competitividade e reduzir os custos.

Veja os principais benefícios do uso de AMR:

Alta flexibilidade nos processos de produção – Os robôs móveis autônomos permitem otimizar, customizar e flexibilizar as demandas de produção que hoje são desafiadas pela constante inovação, que tem como resultado a tendência de oferecer produtos personalizados e trazê-los para o mercado mais rapidamente.

Como parte de uma solução 4.0 e da Internet das Coisas, os AMRs fornecem uma solução logística sob demanda, proporcionando benefícios e economia no gerenciamento de estoques e tempos de produção.

A flexibilidade do AMR permite que eles se adaptem rapidamente às mudanças de ambientes de produção sem altos custos, em comparação com transportadores e AGV, bem como às diferentes tarefas por ser uma plataforma aberta onde as prateleiras podem ser integradas, com bandas para transferência de material ou ganchos para arrastar carros.

Redução dos prazos de entrega – Robôs móveis autônomos são capazes de calcular a melhor rota do ponto A ao ponto B e, se encontrarem um obstáculo, podem recalcular ou notificar a obstrução, garantindo que as entregas de material sejam realizadas no tempo estimado, evitando paradas na produção.