06 de junho de 2019
Voltar

INOVAÇÃO

Siemens Gamesa exibe nova plataforma onshore

A Siemens Gamesa 5.X, apresentada globalmente na Europe Windpower 2019, incorpora tecnologia comprovada em dois novos modelos: SG 5.8-155 e SG 5.8-170
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Siemens Gamesa Renewable Energy apresentou sua nova geração de plataformas para o segmento onshore, a Siemens Gamesa 5.X, na Brazil Windpower 2019, realizada em São Paulo no final do mês de maio.

A plataforma introduz a maior capacidade nominal no portfólio onshore da Siemens Gamesa, 5.8 MW, e os maiores diâmetros de rotores, 155 e 170 metros, resultando em performance máxima em altas, médias e baixas condições de vento.

A plataforma onshore Siemens Gamesa 5.X tem sua origem na tecnologia da Siemens Gamesa, que, de acordo com Roberto Prida, diretor-geral de Onshore da Siemens Gamesa Brasil, incorpora tecnologias comprovadas e minimizando riscos.

As inovações, explica Prida, incluem uma combinação de gerador de dupla alimentação e conversor parcial, um projeto de acionamento compacto com caixa de engrenagens de três estágios e o uso de componentes amplamente validados nas outras plataformas da Siemens Gamesa.

Além da nova plataforma, recentemente lançada na WindEurope 2019, realizada em abril, na Espanha, a Siemens Gamesa também esteve presente na Brazil Windpower 2019 com seu amplo portfólio de produtos e inovações da sua unidade de negócio Serviços.

"Nossa escala e alcance global combinados com uma forte presença no Brasil, onde temos importante participação fabricação de turbinas eólicas por anos, permitem que trabalhemos com nossos clientes e entreguemos soluções que fazem seus projetos mais competitivos", afirma Prida.

Desde 2012, a Siemens Gamesa instalou cerca de 3.1 GW (mais de 1.500 unidades) para aproximadamente 60 projetos em todo o Brasil.

A companhia tem uma forte pegada no país, incluindo uma fábrica de naceles (compartimento instalado no alto da torre dos aerogeradores eólicos, que abriga todos os componentes essenciais para a produção de energia – como o gerador, a caixa de velocidades e o sistema de transmissãoem Camaçari (BA), inaugurada em 2011.