FECHAR
FECHAR
21 de maio de 2020
Voltar

TENDÊNCIAS

thyssenkrupp disponibiliza projetos BIM para elevadores, escadas e esteiras rolantes

Profissionais da construção civil, engenheiros, arquitetos e estudantes podem fazer download dos modelos em 3D para novos projetos
Fonte: Assessoria de Imprensa

Os benefícios da metodologia BIM – Building Information Modeling, sigla em inglês para Modelagem de Informação da Construção, agora estão disponíveis para projetos de elevadores, escadas e esteiras rolantes.

Para facilitar o dia a dia dos profissionais de engenharia e arquitetura, que já desenvolvem projetos em BIM, a thyssenkrupp Elevadores está lançando dois formatos de modelo BIM.

Um para o estudo do projeto disponível no site e o outro, mais completo, que será entregue ao cliente durante a consultoria comercial.

Os dois formatos se complementam e vão proporcionar ao cliente uma nova experiência, com mais liberdade, assertividade e ganho de tempo com impacto em todo o processo.

“A inovação que imprimimos em nossos produtos, agora está mais perto dos profissionais de arquitetura e de engenharia com todas as vantagens que a metodologia BIM oferece para a elaboração do projeto executivo, como o dimensionamento do poço do elevador. É um avanço para a cadeia da construção“, afirma Eduardo Caram, head de obras novas e modernização da thyssenkrupp Elevadores para a América Latina.

No Brasil, a aplicação do BIM deu um passo importante com a aprovação do Decreto 10.306/2020, por meio do qual o ...


Os benefícios da metodologia BIM – Building Information Modeling, sigla em inglês para Modelagem de Informação da Construção, agora estão disponíveis para projetos de elevadores, escadas e esteiras rolantes.

Para facilitar o dia a dia dos profissionais de engenharia e arquitetura, que já desenvolvem projetos em BIM, a thyssenkrupp Elevadores está lançando dois formatos de modelo BIM.

Um para o estudo do projeto disponível no site e o outro, mais completo, que será entregue ao cliente durante a consultoria comercial.

Os dois formatos se complementam e vão proporcionar ao cliente uma nova experiência, com mais liberdade, assertividade e ganho de tempo com impacto em todo o processo.

“A inovação que imprimimos em nossos produtos, agora está mais perto dos profissionais de arquitetura e de engenharia com todas as vantagens que a metodologia BIM oferece para a elaboração do projeto executivo, como o dimensionamento do poço do elevador. É um avanço para a cadeia da construção“, afirma Eduardo Caram, head de obras novas e modernização da thyssenkrupp Elevadores para a América Latina.

No Brasil, a aplicação do BIM deu um passo importante com a aprovação do Decreto 10.306/2020, por meio do qual o governo estabelece o uso do método na execução direta e indireta de obras e serviços de engenharia realizados pelos órgãos públicos e entidades da administração pública federal.

O Decreto é um desdobramento da Estratégia BIM BR, instituída no ano passado com o objetivo de promover a difusão da tecnologia no Brasil para o avanço da digitalização na construção civil, uma das bandeiras da Rede Construção Digital (RCD) do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações, da qual a thyssenkrupp Elevadores faz parte.

Segundo Roberto de Souza, CEO do CTE, a aprovação do decreto representa um passo em direção aos avanços da digitalização da construção civil.

“Sabemos que a tecnologia BIM é um caminho sem retorno e que, mesmo que o Decreto atual obrigue somente a cadeia construtiva vinculada aos projetos e obras públicas, as empresas da Rede já estão adotando, em sua maioria e de forma voluntária, a metodologia BIM em seus projetos e obras no setor privado. Acreditamos que no pós-Covid-19 uma das tendências a ser acelerada no mundo dos negócios e na gestão pública será a da transformação digital, com ainda mais espaço para a atuação da RCD“, atesta o CEO do CTE.

Modelo em 3D

Com o modelo BIM da thyssenkrupp, os profissionais da construção civil, engenheiros, arquitetos e estudantes podem complementar o projeto com um modelo real do elevador, da escada ou esteira rolante em 3D.

No caso do projeto do elevador, itens importantes para a definição do espaço a ser ocupado pelo equipamento em si podem ser definidos.

Entre eles, prospecções da caixa de corrida, do poço, do percurso e da altura; além dos demais itens que são escolhidos na configuração de opcionais, como se o elevador será com ou sem casa de máquinas, a capacidade de passageiros; a velocidade; e os modelos de porta e de cabina.

O download do modelo BIM pode ser feito diretamente no site da empresa, bastando definir a configuração do equipamento, de acordo com o projeto. Os arquivos são gerados no formato nativo REVIT, software da Autodesk.

"Paralelamente, os modelos BIM serão disponibilizados aos clientes, de acordo com as especificações do projeto, como parte da consultoria de sua equipe de vendas", informa a empresa.