FECHAR
06 de junho de 2019
Voltar

TENDÊNCIAS / Startup brasileira lança solução de big data para otimização inteligente de sistemas de água

A crescente preocupação com as mudanças climáticas e seus efeitos na saúde ambiental do planeta vêm mobilizando corporações, governos e sociedade na busca por modelos de gestão e mecanismos que possam ajudar a amenizar, coibir – ou até mesmo estancar – a degradação e a escassez dos recursos hídricos.

O combate ao desperdício de água potável desempenha também importante papel nos esforços pela conservação das reservas de água.

Em 2016, de acordo com dados do Instituto Trata Água, o Brasil jogou literalmente fora 38% de água consumível – o equivalente a quase 18 bilhões de litros de água por dia, com perda financeira de mais de R$ 10 bilhões no ano.

“A questão é de gestão integrada de ág...


A crescente preocupação com as mudanças climáticas e seus efeitos na saúde ambiental do planeta vêm mobilizando corporações, governos e sociedade na busca por modelos de gestão e mecanismos que possam ajudar a amenizar, coibir – ou até mesmo estancar – a degradação e a escassez dos recursos hídricos.

O combate ao desperdício de água potável desempenha também importante papel nos esforços pela conservação das reservas de água.

Em 2016, de acordo com dados do Instituto Trata Água, o Brasil jogou literalmente fora 38% de água consumível – o equivalente a quase 18 bilhões de litros de água por dia, com perda financeira de mais de R$ 10 bilhões no ano.

“A questão é de gestão integrada de água”, diz Felipe de Luca, engenheiro sanitarista e ambiental formado pela Universidade Federal de Santa Catarina e CEO da Acqua Logic – uma startup criada há três anos com o objetivo de contribuir com a conservação dos recursos hídricos e a redução e controle de perdas no abastecimento de água.

“O Brasil tem hoje dois cenários na área de saneamento”, diz o executivo. “Enquanto a maioria das concessionárias não dispõe de programas de contenção de perdas, outras sequer fazem uso de práticas efetivas de gerenciamento”.

Para suprir as necessidades do setor, a startup catarinense acaba de lançar o software AcquaLogic – solução inovadora de big data analytics para gestão inteligente de controle de perdas em sistemas de abastecimento de água.

O AcquaLogic, explica o engenheiro, realiza análises de dados e acompanhamento de ações e resultados para uma gestão otimizada e segura, substituindo de vez ultrapassados processos manuais para controle de perdas.

“Na prática, o software coleta dados históricos da empresa de saneamento básico, faz uma tratativa desses dados e os transforma em informação”, diz.

Os procedimentos têm por base ferramentas de gestão de alto desempenho desenvolvidas pela Escola de Negócios da universidade norte-americana de Harvard obedece aos preceitos e processos-chave daInternacional Water Association, entidade internacional formada por profissionais do mundo todo ligados à agenda global para controle de perdas hídricas.

Intuitivo e modular

De acordo com o especialista, o sistema AcquaLogic é composto por quatro módulos intuitivos,100% integrados e customizáveis de acordo com as demandas do cliente.

O módulo Gestão traz ferramentas de planejamento estratégico como balanços hídricos, indicadores de desempenho e perdas e relatórios analíticos.

Já o segmento Perdas Aparentes ajuda na gestão de fraudes e auxilia nocomplianceatravés de mecanismos de micro e macromedição.

“Há ainda os módulos Perdas Reais, para gerenciamento de redes e aferimento de vazamentos visíveis, não visíveis e pressão hídrica, eControles Especiais, para suporte técnico e atendimento de demandas relacionadas a abastecimentos fora dos padrões habituais”, complementa.

A implantação do software corporativo é rápida e segura, realizada nas empresas de saneamento pela equipe técnica da startup.