FECHAR
10 de abril de 2019
Voltar

EVENTOS

Sistema de processamento a úmido all-in-one é apresentado na bauma 2019

O patenteado Combo da CDE – a primeira planta de processamento a úmido todo em um do mundo – foi apresentado na bauma em Munique, a principal feira para as indústrias de máquinas e materiais de construção
Fonte: Assessoria de Imprensa

A CDE, empresa que atua na área de projetos e manufatura de equipamentos para classificação de minerais via úmida e a seco para os setores de mineração, areia & agregados, areia industrial, ambiental e reciclagem de resíduos de construção e demolição lançou recentemente o Combo que tem como objetivo revolucionar a indústria de processamento a úmido.

O patenteado Combo – a primeira planta de processamento a úmido todo em um do mundo – foi apresentado na bauma em Munique, a principal feira para as indústrias de máquinas e materiais de construção.

A CDE, que tem uma longa história de inovação e conta com inúmeras patentes, trouxe o pioneiro M2500 ao mercado há quase uma década.

Segundo Sean Kerr, diretor de operações da CDE, o Combo engloba cinco processos – alimentação, dimensionamento, lavagem de areia, estocagem e gerenciamento completo de água integrado, o que é uma novidade para a indústria e uma inovação importante para enfrentar um desafio encarado por todos os clientes dos sistemas de processamento úmido.

“O Combo não é uma máquina comum, mas sim uma resposta tecnológica aos desafios enfrentados pelos produtores de materiais. Foi projetado com foco na transferência de maiores benefícios de confiabilidade e eficiência para os clientes. Oferecendo uma solução pronta para uso que proporciona controle de produtos lavados em especificação de uma ampla variedade de materiais de alimentação, o Combo pode ser usado nos setores de construção, reciclagem de resíduos C&D, areias industriais, mineração e meio ambiente”, diz Kerr.

Resumindo, explica o especialista, o Combo cria maior confiabilidade e eficiência, oferecendo rápida instalação no local, custos iniciais reduzidos, capacidade de processar uma grande variedade de materiais de alimentação (areia natural e rocha britada), menor consumo de energia, menor ocupação de espaço e acessibilidade incomparável para manutenção.

Pré-testado e pré-cabeado antes do despacho, o Combo chega ao local em uma única unidade pronta para ser plugada e usada como uma usina autônoma ou como parte de uma solução maior pronta para o uso.

A usina é construída para rápida montagem e configuração e pode começar a processar material dentro de poucos dias da chegada ao local.

“Além disso, como fica em seu próprio chassi, o Combo requer o mínimo de obra civil e tubulações, desse modo, os operadores podem agora realocar facilmente suas instalações entre locais ou em locais remotos. Sua menor área de ocupação também o torna indicado para pedreiras apertadas em ambientes urbanos”, comenta.