FECHAR
06 de março de 2019
Voltar

INOVAÇÃO / Sergipe mais próximo da inovação tecnológica

A térmica sergipana vai operar em ciclo combinado, com três turbinas a gás 7HA e uma turbina a vapor da GE e terá capacidade de geração de até 1.551 MW.

O escopo da GE inclui ainda uma linha de transmissão com 33 kM em 500 kV, que levará a energia gerada na usina até a Subestação Jardim na cidade de Nossa Senhora do Socorro, SE, além das adutoras de captação e descarte de água utilizada na torre de resfriamento. Quando entrar em operação comercial, em janeiro de 2020, a usina sergipana poderá atender até 15% da demanda energética da região Nordeste.