FECHAR
FECHAR
01 de agosto de 2019
Voltar

TENDÊNCIAS / Consórcio integrado pela Sabesp inaugura em Mogi Mirim sistema de energia solar em saneamento

Os painéis de silício captam a energia solar e a convertem em energia elétrica, atendendo a todas as exigências da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A usina produz 606 MWh (Mega Watt por hora), suprindo 30% da energia elétrica geral necessária para o tratamento de esgoto.

Atualmente, a estação é capaz de tratar 150 litros de esgoto por segundo e conta com tecnologia de lodos ativados com aeração prolongada.

O investimento no Sistema Fotovoltáico é de R$ 1,8 milhão, totalmente realizado pela Sesamm.

A tecnologia de células PERC – da sigla em inglês Passivated Emitter and Rear Cell, ou, emissor passivo e célula traseira – tem uma eficiência muito maior, o que resulta em uma redução de área ocupada pelos módulos fotovoltaicos e uma geração mais eficiente de energia.

Em operação desde 2012, a ETE Mogi Mirim é 100% automatizada e utiliza o sistema de aeração superficial Orbal Siemens, que proporciona o desligamento dos equipamentos no horário de ponta, reduzindo o custo operacional da ETE.

A ETE não utiliza água potável em seus processos, já que toda água utilizada é Água de Reuso produzida na estação.