FECHAR
01 de agosto de 2019
Voltar

INFRAESTRUTURA / Concessão de 1.273 kms de rodovias entre Piracicaba e Panorama prevê investimentos de R$ 14 bilhões

Cerca de 80% das contribuições foram aproveitadas de forma integral ou parcial. Entre os aprimoramentos realizados no projeto estão a inclusão de obras de implantação de faixas adicionais na SP-310, SP-197 e SP-261, duplicação de pistas da SP-191 e SP-293, marginais em Marília, além de construção do contorno de Piracicaba e novas pistas nas serras Cordeirópolis e Santa Maria da Serra.

Inovações tarifárias

O edital prevê inovações do ponto de vista econômico, tecnológico e de segurança viária. O modelo tarifário da nova licitação leva a uma tarifa quilométrica 23% menor que a praticada pela Centrovias atualmente. Haverá desconto de 5% para os usuários do pagamento automático.

Além disso, a grande inovação tarifária da nova concessão é o Desconto de Usuário Frequente (DUF), modelo inédito no Brasil e que irá beneficiar os motoristas que utilizam o trecho rodoviário com mais frequência, principalmente moradores de pequenas cidades que usam as rodovias quase que diariamente para acessar a rede de comércio e serviços de municípios vizinhos.

Serão beneficiados os usuários de veículos da categoria 1 – carros de passeio e veículos urbanos de carga.

Dentro de um mês haverá descontos progressivos em cada passagem, conforme o sentido da viagem, até o limite de 30 viagens – no mês seguinte os descontos são iniciados novamente.

Na prática, cada passagem na praça de pedágio se torna mais barata dentro do mês e há casos em que a tarifa, na trigésima passagem, pode ter um desconto em torno de 90%.

Os usuários frequentes poderão ter economias mensais significativas e, caso usem diariamente as vias, pagarão em média uma tarifa muito próxima ao trecho percorrido.