FECHAR
24 de abril de 2019
Voltar

ARTIGOS / Como a manutenção preventiva pode evitar desastres em barragens

Entretanto, atualmente, já existem ferramentas que conseguem fazer a medição preventiva sem que os técnicos precisem desconectar os cabos.

Desta forma, o profissional consegue engatar a ferramenta em um dos cabos e verificar se existe a passagem de 4 a 20 mA.

Esta é uma questão crítica, pois por tratar-se de equipamentos de segurança, em alguns casos, se o técnico desconectar não será possível obter informações com relação à medição de nível. Por isso, é fundamental que o cabo nunca seja desconectado.

Desta forma, os técnicos precisam ficar atentos e utilizar instrumentos de medição que sejam seguros e qualificados para avaliar a estabilidade de taludes e aterros, verificar o comportamento e segurança de obras de contenção para por fim, determinar a necessidade e prazo para medidas corretivas.

A garantia da durabilidade das estruturas impõe a aplicação de procedimentos de inspeção, conhecimento do mecanismo e consequentemente, a adoção da decisão correta no momento certo, para execução adequada de serviços de manutenção e reparo. A manutenção preventiva tornou-se mais do que apenas prevenir problemas, pode salvar vidas.

Osvaldo Conegundes é Gerente de Produto da Fluke do Brasil, companhia líder mundial em ferramentas de teste e medição.