FECHAR
12 de setembro de 2019
Voltar

ENGENHARIA

Com renovação da marca, Passarelli cresce em volume de negócios

Uma das mais tradicionais empresas de engenharia do país, a Passarelli renova a marca para fortalecer seu posicionamento de mercado e prevê crescimento de 25% no volume de negócios em 2019
Fonte: Assessoria de Imprensa

Com o novo posicionamento “Passarelli - Engenharia e Construção”, a empresa busca traduzir a sua atual dinâmica de atuação, focada na prestação de serviços em três áreas de negócios – infraestrutura, edificação e imobiliário –, com atuação em projetos complexos realizados em todo o território nacional.

Segundo a empresa, o processo de rebranding contou com a opinião de clientes, parceiros, fornecedores e profissionais da empresa, acentuando a percepção de qualidades que caracterizaram a sua atuação, incluindo gestão eficiente, soluções de engenharia de valor nos projetos, inovação, dedicação, parceria e comprometimento, assim como honestidade e transparência.

“A nova marca busca fortalecer nosso posicionamento como empresa de construção com reconhecida expertise em engenharia, que construiu sua reputação, ao longo de 87 anos de história, a partir de atributos amplamente reconhecidos hoje pelo mercado”, afirma Paulo Bittar, diretor-presidente da Passarelli.

A nova marca, diz ele, também traduz o movimento de construção de pontes em direção ao futuro. “Projetamos constantemente o amanhã, investindo em tecnologia e buscando conhecimento, sempre focados na constante inovação de nossos negócios ”, completa Bittar. “Estamos ampliando nosso escopo de atuação e portfólio, dando mais um salto de crescimento, de forma sustentável e equilibrada nos diversos setores.”

Expectativa – Em 2019, a Passarelli prevê um crescimento de 25% em volume de negócios, comparativamente a 2018, já contando com uma receita equilibrada entre os clientes das áreas pública e privada, conforme meta traçada anteriormente.

A empresa também espera o aumento de sua participação no mercado Imobiliário, buscando equilibrar a atuação em suas áreas de negócio no prazo de até cinco anos, com um VGV previsto para 2020 da ordem de R$ 400 milhões.

A expectativa de crescimento da Passarelli neste ano se deve ainda a projetos recém-conquistados na área de infraestrutura, como a estação de tratamento de esgoto da BRK, no Tocantins, e a atuação para a despoluição de um lote do Rio Pinheiros, em São Paulo, dentre outros.