FECHAR
FECHAR
04 de julho de 2019
Voltar

ARTIGOS / A utilização de laser scanner 3D na indústria

O equipamento tem um campo de visão de 360° x 300°. Estes milhões de pontos coletados são conhecidos como nuvem de pontos.

A aplicação do laser scanner 3D em áreas industriais se torna cada vez mais necessária para eliminar erros de projeto bem como o bom planejamento em intervenções para ampliações, reformas, retrofit e realocação de equipamentos em áreas com um layout limitado.

Para tais intervenções industriais, o tempo sempre é o grande inimigo. Uma parada de produção mal planejada pode custar milhões por dia para as empresas, independente do setor ou área de atuação.

Hoje com a contratação de projetos em plataforma tipo BIM, se faz necessária a pré-fabricação de equipamentos e peças bem planejadas para diminuir os custos e tempo de parada de uma planta.

E, para que isso seja realmente aplicado, os equipamentos e peças deverão ser fabricados com uma precisão ideal, para que não haja ajustes em campo e surpresas desagradáveis na execução dos trabalhos.

O escaneamento 3D permite identificar pequenos erros de construção e montagem do local que não seriam perceptíveis utilizando instrumentos de medições convencionais, mesmo utilizando instrumentos modernos, os erros de paralaxe são comuns e constantes.

É possível citar alguns cenários que são frequentes nas áreas industriais e podem comprometer o planejamento: desalinhamentos de estruturas metálicas, inclinações de tubulações de processo, desníveis em pisos, entre outros.

Os benefícios da tecnologia são inúmeros e sua aplicação já é uma realidade no Brasil. A WRodacki e Aplus Engenharia são empresas que utilizam e, através de parcerias, oferecem ao cliente solução completa para atender as necessidades.

André Andrade de Oliveira, sócio-proprietário na Aplus Engenharia

Camila Kleis Rodacki, sócia-proprietária na WRodacki