FECHAR
FECHAR
14 de janeiro de 2013
Voltar
Rodovias

R$ 420 milhões para recuperar a malha paulista

Recursos serão usados para financiar obras de recuperação da malha não concedida, a partir do início de 2013

O CAF - Corporação Andina de Fomento/ Banco de Desenvolvimento da América Latina aprovou, no final de novembro, empréstimo de US$ 200 milhões (aproximadamente R$ 420 milhões) para um pacote de obras de recuperação e modernização de rodovias paulistas não concedidas. A contrapartida do Governo do Estado de São Paulo é de US$ 85 milhões e a previsão é que a assinatura dos contratos entre o CAF e o governo paulista aconteça até março de 2013.

Os recursos serão repassados ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão ligado à Secretaria de Logística e Transportes (SLT). No pacote de obras estão previstas intervenções em 316 quilômetros de 11 trechos de rodovias paulistas, ao longo de 27 municípios. As obras fazem parte do projeto de modernização da infraestrutura de transporte, com melhoria na logística e promoção do desenvolvimento socioeconômico do estado de São Paulo.

Dos 11 trechos com projetos aprovados pela CAF, nove já tiveram as licitações internacionais publicadas no dia 6 de novembro, no Diário Oficial do Estado (DOE). As obras e serviços do Programa de Transporte, Logística e Meio Ambiente têm previsão de início em 2013.

O CAF, com sede em Caracas, Venezuela, é um organismo financeiro multilateral formado por 18 países da América Latina e Europa, para promover desenvolvimento e integração regional, mediante operações de crédito para projetos do setor público e privado.

Obras com licitação em andamento

SP-226 (Pariquera-Açu)

recebe investimento de R$ 13,9 milhões em obras de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos, entre o km 0,2 e o km 8,1, no município de Pariquera-Açu, no Litoral Sul. O prazo de execução dos serviços é de 4 meses.

SP-249 (Taquarituba, Taguaí e Fatura)

investimento orçado em R$ 58,5 milhões beneficiará a população da região de Taquarituba, Taguaí e Fatura, possibilitando a execução de obras na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249), entre o km 158,396 e o km 199,799. No local serão realizados serviços de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos, com prazo de execução de 18 meses.

SP-253 (Santa Rosa de Viterbo e São Simão)

Rodovia Conde Francisco Matarazzo Júnior também passará por obras de melhorias no trecho entre Santa Rosa de Viterbo e São Simão. Os serviços de recapeamento da pi


O CAF - Corporação Andina de Fomento/ Banco de Desenvolvimento da América Latina aprovou, no final de novembro, empréstimo de US$ 200 milhões (aproximadamente R$ 420 milhões) para um pacote de obras de recuperação e modernização de rodovias paulistas não concedidas. A contrapartida do Governo do Estado de São Paulo é de US$ 85 milhões e a previsão é que a assinatura dos contratos entre o CAF e o governo paulista aconteça até março de 2013.

Os recursos serão repassados ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão ligado à Secretaria de Logística e Transportes (SLT). No pacote de obras estão previstas intervenções em 316 quilômetros de 11 trechos de rodovias paulistas, ao longo de 27 municípios. As obras fazem parte do projeto de modernização da infraestrutura de transporte, com melhoria na logística e promoção do desenvolvimento socioeconômico do estado de São Paulo.

Dos 11 trechos com projetos aprovados pela CAF, nove já tiveram as licitações internacionais publicadas no dia 6 de novembro, no Diário Oficial do Estado (DOE). As obras e serviços do Programa de Transporte, Logística e Meio Ambiente têm previsão de início em 2013.

O CAF, com sede em Caracas, Venezuela, é um organismo financeiro multilateral formado por 18 países da América Latina e Europa, para promover desenvolvimento e integração regional, mediante operações de crédito para projetos do setor público e privado.

Obras com licitação em andamento

SP-226 (Pariquera-Açu)

recebe investimento de R$ 13,9 milhões em obras de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos, entre o km 0,2 e o km 8,1, no município de Pariquera-Açu, no Litoral Sul. O prazo de execução dos serviços é de 4 meses.

SP-249 (Taquarituba, Taguaí e Fatura)

investimento orçado em R$ 58,5 milhões beneficiará a população da região de Taquarituba, Taguaí e Fatura, possibilitando a execução de obras na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249), entre o km 158,396 e o km 199,799. No local serão realizados serviços de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos, com prazo de execução de 18 meses.

SP-253 (Santa Rosa de Viterbo e São Simão)

Rodovia Conde Francisco Matarazzo Júnior também passará por obras de melhorias no trecho entre Santa Rosa de Viterbo e São Simão. Os serviços de recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos e implantação de faixas adicionais serão realizados do km 105 ao km 135,5, com investimento de R$ 44,5 milhões. Além disso, um dispositivo em nível será implantado no acesso a São Simão com a SP-332. O prazo de execução desta obra é de 10 meses.

SP-333 (Marília, Guarantã e Júlio Mesquita)

antiga reivindicação da população da região de Marília, as obras de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos serão realizadas na Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros (SP-333), no trecho entre o km 295,485 e o km 314,285, abrangendo ainda os municípios de Guarantã e Júlio Mesquita. O prazo de execução das obras é de um ano e o investimento orçado é de R$ 41,4 milhões.

SPA-409/333 (Assis)

na região de Assis, este acesso será melhorado com obras de recapeamento e pavimentação dos acostamentos em toda sua extensão, 3,42 km. O orçamento é de R$ 4 milhões e o prazo execução dos serviços é de oito meses.

SP-360 (Amparo, Serra Negra, Lindoia e Águas de Lindoia)

outra importante obra será realizada nesta rodovia, beneficiando os municípios de Amparo, Serra Negra, Lindoia e Águas de Lindoia, com investimento orçado em R$ 100,8 milhões. Além das obras de recapeamento da pista e implantação de faixas adicionais, entre o km 135 e o km 178,472, serão executados serviços de implantação de dispositivos no km 137,8 (acesso a Monte Alegre do Sul), km 147 (acesso ao Bairro das Posses), km 149,1 (acesso a Vertentes), km 160 (acesso a Ramalhada), km 162,9 (acesso ao Hospital e Bairros), km 167,8 (acesso a Barreiros) e km 178,4 (Acesso ao Oscar Inn Resort). Obras de contenção também serão executadas onde houver a necessidade. O prazo de execução das obras é de 18 meses.

SP-425 (Parapuã, Martinópolis e Teçaindá)

em prazo de 18 meses serão executadas as obras para melhoria da Rodovia Assis Chateaubriand, entre os municípios de Parapuã e Martinópolis. O custo orçado é de R$ 74,6 milhões. No trecho, as obras a serem realizadas serão de recapeamento da pista, implantação de faixas adicionais e pavimentação dos acostamentos, do km 374,35 ao km 418, acesso ao município de Teçaindá.

SP-463 (Clementina, Coroados, Bilac e Araçatuba)

para esta rodovia, dois trechos foram contemplados com projetos do financiamento. O primeiro entre os municípios de Clementina, Coroados-Bilac e Araçatuba, com a execução de obras de recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos, dispositivos e implantação de faixas adicionais do km 0,98 ao km 38,5. O prazo de execução da obra é de um ano, com investimento orçado em R$ 62,4 milhões.

SP-463 (Araçatuba)

no segundo trecho da rodovia Elyeser Montenegro Magalhães, em Araçatuba, serão realizados serviços de recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos e implantação de faixas adicionais do km 50,5 ao km 60, até o Rio Tietê. Além disso, será implantado dispositivo em desnível no km 58,6 - acesso à destilaria Destivale, porto fluvial, hotel e condomínios. O prazo de execução da obra é de oito meses e o investimento orçado é de R$ 20,3 milhões.

Obras em licenciamento ambiental

SP-333 (Cajuru, Santa Cruz da Esperança,Serra Azul e Serrana)

recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos no trecho km 0 (SP-338 Cajuru) e o km 20 e duplicação e recuperação da pista existente, do km 20 ao km 34; implantação de dispositivo em desnível no km 31,66, km 24,8 (acesso à Serra Azul) e km 29,78 e Av. Marginal entre o km 29,78 e km 29. Nova ponte sobre o rio Pardo, no km 20,4, em total de 120 metros de extensão, ao lado da ponte existente. As obras beneficiam os municípios de Cajuru, Santa Cruz da Esperança e Serrana, com investimento de R$ 113,2 milhões e prazo de 12 meses de execução.

SP-333 (Assis, Tarumã e Florínea)

duplicação com barreira rígida entre km 404,251 e km 411,25, restauração da pista e pavimentação dos acostamentos entre o km 411,251 e o km 450,73, com investimento de R$ 133,7 milhões. As obras, nos municípios de Assis, Tarumã e Florínea, tem prazo de execução de 18 meses.

Completando os trechos com projetos aprovados, os outros dois trechos estão em processo de aprovação ambiental e têm previsão de publicação das licitações em janeiro de 2013.