FECHAR
FECHAR
27 de julho de 2018
Voltar
Mineroduto

Linha do tempo de um desastre ambiental

MARÇO

Dia 12 de março - Ás 7 horas e 42 minutos - a Anglo American identifica vazamento no mineroduto em Santo Antônio do Grama (MG). A empresa paralisa todas as atividades na mina e na usina e equipes são deslocadas para dar apoio às ações de emergência. Prefeitura, Defesa Civil e Copasa foram imediatamente comunicadas. Como medida preventiva, a empresa solicita a interrupção da captação de água no ribeirão Santo Antônio do Grama. São iniciadas as ações de contenção e drenagem e a coleta de amostras de água do ribeirão Santo Antônio do Grama, pela Suatrans, empresa especializada em emergências ambientais, e pelo  Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A Anglo American garante o fornecimento de água por meio de caminhões-pipa e galões de água mineral. O vazamento é estancado em 95%. Ruben Fernandes, presidente da Anglo American no Brasil, faz um pronunciamento via midias sociais.

Dia 13 de março - Ruben Fernandes divulga video nas redes sociais em que fala sobre o incidente no mineroduto, esclarece as ações da empresa para conter o vazamento e pede desculpas à população pelo episódio.

Dia 15 de março - A cidade de Santo Antônio do Grama está totalmente abastecida pela ETA da Copasa. Após o encerramento dos primeiros dois dias de análise da água, resultados apontam que a qualidade da água no Ribeirão Santo Antônio do Grama e no Rio Casca não passou por alterações significativas. Começa a limpeza da calha do Ribeirão Santo Antônio do Grama e suas margens. Foram realizadas vistorias e a estabilidade da barragem está garantida.

Contaminação causa mudança da cor das águas dos rios

Dia 16 de março – Após três dias de obras, é finalizada a construção da adutora definitiva no Ribeirão Salgado. O monitoramento da qualidade da água continua sendo feito em 17 pontos do Ribeirão Santo Antônio do Grama e do Rio Casca, até o ponto de confluência com o Rio Doce. Inspeções em diversos trechos do mineroduto confirmam a integridade do duto em todo o trecho inspecionado.

Dia 23 de março – Equipes especializadas continuam os trabalhos de manutenção, reforço e construção de contenções no Ribeirão Santo Antônio do Grama.  Caminhões fazem a sucção para remover o material e limpar a calha do ribeirão e suas margens.

Produção editorial: Revista Grandes Construções – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral