FECHAR
FECHAR
29 de julho de 2013
Voltar
Saneamento

Aporte de R$ 508 bilhões até 2033 aquece mercado de saneamento

Fenasan, maior evento do setor no Brasil, reunirá mais de 17 mil pessoas para discutir políticas de investimentos e as novidades tecnológicas, apresentadas por 220 expositores

Consolidados como os maiores eventos técnico-mercadológicos da América Latina, no setor de saneamento ambiental, a 24ª edição da Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente (Fenasan) e o 24º Congresso Técnico, que acontecem de 30 de julho a 01 de agosto de 2013, no Expo Center Norte (Pavilhão Azul), em São Paulo (SP), prometem ser os maiores de todas as edições.

A Associação dos Engenheiros da Sabesp (AESabesp), responsável pela realização do encontro, acredita que o número de visitantes será maior do que a edição do ano passado, quando foram registrados 17.000 participantes. “O evento visa difundir novas tecnologias, discutir políticas de incentivo e sedimentar a sua economia, uma vez que é previsto um aporte de R$ 508 bilhões, a serem aplicados até 2033, com a implantação do Plano Nacional de Saneamento Básico”, diz Reynaldo Eduardo Young Ribeiro, presidente da AESabesp.

Segundo Ribeiro, a AESabesp visualiza que tais investimentos deverão se refletir em outras áreas sociais, como habitação, educação e preservação do meio ambiente, que por sua vez trarão impactos positivos no desenvolvimento do País e na redução da pobreza. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada dólar investido em saneamento gera uma economia de US$ 4 em tratamento de doenças de veiculação hídrica, uma das grandes causas da mortalidade infantil em regiões sem infraestrutura.

A Fenasan 2013 contará com variada equipe de expositores atuando na cadeia do saneamento, tais como fabricantes de equipamentos, desenvolvimento de programas, executores de projetos e prestadoras de serviços. Das empresas que já confirmaram presença, nove são dos EUA, Alemanha, Portugal, Espanha, Turquia, Reino Unido e China, o que consolida o caráter internacional do evento.

O clima de otimismo que cerca a Fenasan 2013 encontra base não só nos investimentos do Governo Federal e nos recursos vindos de grupos estrangeiros, mas também no interesse mundial no saneamento de São Paulo. De acordo com o Portal da Sabesp, antes de a empresa assumir os serviços de saneamento básico em São Paulo, o índice de mortalidade infantil era de 87 crianças, de 0 a 1 ano de idade, para cada grupo de mil, ou seja, 8,7%. “As péssimas condições de saneamento eram apontadas como fator determinante para a estatística. Hoje, o índice caiu para 13,3 equivale a 1,3%”


Consolidados como os maiores eventos técnico-mercadológicos da América Latina, no setor de saneamento ambiental, a 24ª edição da Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente (Fenasan) e o 24º Congresso Técnico, que acontecem de 30 de julho a 01 de agosto de 2013, no Expo Center Norte (Pavilhão Azul), em São Paulo (SP), prometem ser os maiores de todas as edições.

A Associação dos Engenheiros da Sabesp (AESabesp), responsável pela realização do encontro, acredita que o número de visitantes será maior do que a edição do ano passado, quando foram registrados 17.000 participantes. “O evento visa difundir novas tecnologias, discutir políticas de incentivo e sedimentar a sua economia, uma vez que é previsto um aporte de R$ 508 bilhões, a serem aplicados até 2033, com a implantação do Plano Nacional de Saneamento Básico”, diz Reynaldo Eduardo Young Ribeiro, presidente da AESabesp.

Segundo Ribeiro, a AESabesp visualiza que tais investimentos deverão se refletir em outras áreas sociais, como habitação, educação e preservação do meio ambiente, que por sua vez trarão impactos positivos no desenvolvimento do País e na redução da pobreza. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada dólar investido em saneamento gera uma economia de US$ 4 em tratamento de doenças de veiculação hídrica, uma das grandes causas da mortalidade infantil em regiões sem infraestrutura.

A Fenasan 2013 contará com variada equipe de expositores atuando na cadeia do saneamento, tais como fabricantes de equipamentos, desenvolvimento de programas, executores de projetos e prestadoras de serviços. Das empresas que já confirmaram presença, nove são dos EUA, Alemanha, Portugal, Espanha, Turquia, Reino Unido e China, o que consolida o caráter internacional do evento.

O clima de otimismo que cerca a Fenasan 2013 encontra base não só nos investimentos do Governo Federal e nos recursos vindos de grupos estrangeiros, mas também no interesse mundial no saneamento de São Paulo. De acordo com o Portal da Sabesp, antes de a empresa assumir os serviços de saneamento básico em São Paulo, o índice de mortalidade infantil era de 87 crianças, de 0 a 1 ano de idade, para cada grupo de mil, ou seja, 8,7%. “As péssimas condições de saneamento eram apontadas como fator determinante para a estatística. Hoje, o índice caiu para 13,3 equivale a 1,3%”.

Congresso

Sob o tema “Energia para o Saneamento Ambiental”, o 24º Congresso Técnico AESabesp contará com as participações de representantes de empresas públicas do saneamento. Na grade de programação consta a realização de oito mesas redondas e 108 palestras técnicas, de representantes das universidades, e de técnicos de empresas de saneamento de todo o País. Também estarão presentes representantes da iniciativa privada, empenhada na eficiência operacional do setor, na recuperação de áreas degradadas, em novas tecnologias, na preservação ambiental e em políticas públicas do setor.

Os organizadores programaram três cursos: Dia 30/07: “Introdução às Execuções de Obras, de Redes de Águas e Esgotos por Método Não Destrutivo (MND)”. Coordenador/Instrutor: Sérgio Palazzo;

Dia 31/07: “MASP_E: Aprendendo a Solucionar Problemas em Sistemas de Esgotamento Sanitário”. Coordenador: Mário Augusto Bággio/ Instrutora: Carolina de Barros Bággio;

Dia 01/08: “Formulando e Executando Estratégia de Redução e Controle de Perdas em Sistemas de Abastecimento de Água”. Coordenador/Instrutor: Mário Augusto Bággio. Demais instrutores: Ary Maóski e Carolina de Barros Bággio.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail:projetossocioambientais@aesabesp.org.br.

Troféu  AESabesp 2013

A solenidade de entrega do Troféu AESabesp às empresas que mais se destacaram na Fenasan, como nas edições anteriores será na cerimônia de encerramento do Congresso.

Os critérios de avaliação da premiação têm como base as ações sustentáveis que as empresas empregam tanto em seus estandes, como em sua atuação e contemplam as categorias: Melhor Estande, Atendimento ao Cliente, Inovação Tecnológica e o Destaque Fenasan, para a empresa que obtiver a maior pontuação em todos os critérios.

Para 2013, a  AESabesp redefiniu a classificação das empresas por porte econômico,  de acordo com a definição do BNDES, conforme o quadro abaixo:

Veja a seguir alguns dos produtos e serviços que serão apresentados durante a Fenasan 2013:

Agru: produtos para tubulação e revestimento

O objetivo da Agru, empresa austríaca de tecnologia em plástico de engenharia, na Fenasan, é apresentar soluções inovadoras ecologicamente corretas para o mercado de saneamento e afins. Entre as novidades está a linha Agruline para sistemas completos de tubulação em PE100 de até 2250 mm, conexões para termofusão injetadas até 710 mm, e usinadas até 2250 mm, conexões para eletrofusão e máquinas de solda.

A Agru ainda oferece solução para revestimento e proteção de concreto, o Sure Grip. São placas com ancoragens, desenvolvidas para proteger estruturas de concreto contra desgaste e corrosão química, certificadas pela ISO 9001/2000. O Sure Grip pode ser fornecido em PE, PP, PVDF e ECTFE, sendo aplicável em diversos segmentos.

Alfacomp e os benefícios do sistema de telemetria

Quem passar pelo estande da Alfacomp terá oportunidade de conhecer o sistema de telemetria para água e esgoto com tecnologia. Trata-se da automação, monitoração e controle, em tempo real, de reservatórios e elevatórias de água e esgoto, ETAs e ETEs via rádio.

O equipamento monitora em tempo real o funcionamento de estações elevatórias, reservatórios, medidores de vazão e demais dispositivos elétricos e hidráulicos do sistema; armazena e apresenta dados históricos sobre a qualidade do abastecimento; alarma quanto a vazamentos, falhas de operação, falhas de equipamentos, intrusões, valores anormais de níveis, pressões e vazões; além de previnir e minimizar perdas.

Atlas Copco: eficiência energética

A Atlas Copco reserva para o evento algumas inovações. Entre elas estão os sopradores de ar ZS+ VSD, com sistema de parafuso, que garante maior eficiência energética em estações de tratamento de efluentes (ETEs) e podem gerar economia de até 30% no consumo de energia.

Outro destaque é o controlador ES 16, que pode ser ligado a até 16 compressores. O ES 16 oferece aos usuários de ar comprimido um ponto de controle único para toda a rede de ar comprimido, capturando e processando informações provenientes de compressores, secadores e outros equipamentos.

O resultado é uma economia média de 10% do consumo de energia. “Os clientes querem reduzir continuamente os custos de produção sem comprometer a disponibilidade de ar comprimido”, diz Henrique Triboni, gerente de Negócios Oil Free da Atlas Copco.

Cleartec: maior capacidade de tratamento sem obras civis

A B&F Dias® está lançando no Brasil a tecnologia Cleartec® que possibilita aumento em até 100% da capacidade de tratamento biológico nas estações de tratamento de esgotos sanitários e efluentes industriais sem a necessidade de execução de obras civis ou aumento da potência instalada no processo biológico.

O Cleartec® é uma estrutura com mídias têxteis para aumento e fixação do número de micro-organismos. Desenvolvida na Alemanha, será disponibilizada no Brasil através de uma solução completa para retrofits. Possui uma superfície específica larga, áspera e estruturada ideal para colonização, fornecendo maior proteção ao biofilme. A aeração é necessária apenas para o fornecimento de oxigênio para a biomassa.

Bomba Leão: motobombas submersas

Com sede em Monte Azul Paulista (SP), a Bomba Leão aproveitará sua participação na Fenasan para mostrar a expertise que adquiriu ao longo dos anos, no segmento de motobombas submersas, que conjugam força e desempenho para trazer à tona a água que o cliente precisa. Entre os produtos em divulgação estão os conjuntos motobomba submersa em 4”, 6”, 8” e 10” para poços tubulares profundos, além dos quadros de comando elétrico para acionamento e automação.

Fundada em 1964, a Bombas Leão, possui uma equipe de profissionais altamente especializados que estão aptos a elaborar projetos especiais de bombeamento, atendendo as mais diversas necessidades do mercado.

Borges & Katayama: proteção de equipamentos

A Borges & Katayama vem atuando há 18 anos na proteção de equipamentos eletroeletrônicos e compressores de ar, utilizando a tecnologia da Purafil Inc. para filtros químicos (dry scrubbers), em várias empresas. No Museu de Arte de São Paulo (Masp) atua na proteção de obras de arte; e na Faculdade de Medicina da USP, na pesquisa sobre os efeitos da poluição nos seres vivos. Essa tecnologia dispensa operadores, não gera efluentes, não necessita de armazenagem de líquidos perigosos e assegura eficiência mínima de remoção de 99,5%.

Para altas vazões e altas concentrações de gases odoríferos, há o Biofiltro, tecnologia desenvolvida junto com a Honeywell. O exclusivo leito formado de cubos de espuma poliuretano e espaçadores Pall Ring de polietileno, proporciona várias vantagens se comparados aos biofiltros tradicionais ou lavadores que utilizam solução cáustica, como: operação do leito por 10 anos; menor espaço ocupado; excelente distribuição dos fluidos; eficiência de remoção acima de 99%.

Digitrol exibe medidor eletromagnético

A Digitrol aproveita a Fenasan para mostrar o medidor eletromagnético, alimentado por bateria MAG8000, fruto da sua parceria com a Siemens. O produto para água tratada oferece flexibilidade para instalação de um medidor confiável virtualmente em qualquer lugar, sem sacrifício da precisão ou do desempenho.

O medidor, que atende aos padrões internacionais OIML R49 e CEN EN 14154, é indicado para otimização de suprimento de água em aplicações como captação de água tratada, redes de distribuição, relatórios de contagem de irrigação, etc. Fácil de instalar, o MAG8000 pode manter-se em funcionamento por até seis anos em uma aplicação típica para a detecção de vazão e para a medição fiscal detalhada.

Sistema de gradeamento mecanizado da Eaux

Acionado por motorredutor, o sistema de gradeamento mecanizado da EAUX tem como função principal a remoção de sólidos de dimensões superiores a seu espaçamento. Os detritos são bloqueados pela esteira do equipamento, que permite espaçamento mínimo de até 1 mm, ou conforme o projeto. Estes, são removidos pela elevação contínua da esteira, que os descarta mecanicamente, através de movimento de autolimpeza dos ganchos.

Os ganchos são injetados em ABS de alto impacto com aditivação anti-UV e têm a maior durabilidade do mercado. A escova de limpeza quase elimina o consumo de água de serviço. Seu acionamento é por motorredutor autônomo, o que elimina engrenagens e correntes. O painel de automação e controle é dotado de IHM touch screen e a operação automática se dá por diferencial de nível.

Lançamentos da Franklin Electric

A Franklin Electric, detentora da marca Schneider Motobombas, participa com três lançamentos: as séries VME e SUB 6 e os novos equipamentos que compõem a série SUB 4. Essas duas últimas novidades completam a linha de motobombas submersas para uso em poços tubulares. “Os equipamentos possuem diferentes características hidráulicas, que atendem a necessidades relacionadas à profundidade dos poços e maiores volumes de vazão”, explica Michael R. Langer, presidente da companhia.

As SUBs apresentam alto desempenho e resistência. Seus motores são encapsulados, ou seja, uma resina entre as bobinas evita a perda do isolamento e curto-circuito, gerando uma extensa vida útil. As motobombas de alta pressão VME podem ser utilizadas no abastecimento predial, irrigação, alimentação de caldeiras, etc. As motobombas apresentam elementos, como o bombeador de aço inox e intermediário, base e flanges de ferro fundido, com pintura a fundo E-Coat.

FGS divulgará as soluções em tubulações de PEAD

Quem visitar o estande da FGS Brasil conhecerá a linha de tubos e conexões em PEAD de 20 mm a 1.600 mm de diâmetros, utilizada em diversas áreas do setor de saneamento. Os produtos destacam-se pela alta resistência química, à abrasão e a impactos, sua leveza, baixa rugosidade e imunidade aos processos corrosivos, além das facilidades que os tubos de PEAD proporcionam em relação à sua movimentação, instalação e manutenção.

A empresa apresentará, também, suas caixas termoplásticas enterradas para abrigo de hidrômetros e VRPs, desenvolvidas em conjunto de algumas unidades da SABESP para promover a redução de fraudes e melhorias técnicas para a Companhia, principalmente durante os procedimentos de manutenção.

Nova geração de sistema de bombeamento Grundfos

Movido a energia solar e/ou eólica, o sistema de bombeamento SQFlex da Grundfos traz módulo de inversão de tensão RSI, dispositivo que transforma corrente contínua em corrente alternada direto da placa solar, proporcionando maior ranger de pressão e vazão e aumento da potência.

O dispositivo eleva o nível de pressão e vazão, viabilizando a maior captação de água de qualidade de poços artesianos em localidades isoladas ou de difícil acesso, áreas de grandes extensão e regiões desprovidas de energia elétrica, para atender ao consumo humano. A nova versão do sistema tem capacidade máxima de vazão de 150 m³/h (150 mil litros/h) e pressão máxima de 400 m de altura.

Solução compacta da Hydro Z

A Hydro Z apresentará um equipamento de tratamento sanitário recentemente lançado: a Estação de Tratamento de Esgotos. Esse sistema compacto foi produzido para ser utilizado em médias e grandes aplicações, sendo adequado para pequenos shoppings, condomínios de casas, prédios, hotéis, hospitais, aeroportos, indústrias, canteiros de obra, postos de combustíveis, entre outros.

A Estação de Tratamento é uma solução modular disponível em duas configurações:

Unidade de Tratamento: que trata o efluente antes de direcioná-lo para a rede pública de coleta ou para o meio ambiente, evitando riscos de contaminação, além de disponibilizar a matéria orgânica para remoção em forma de lodo, direcionando-a para o leito de secagem ou caminhão limpa-fossa.

Unidade de Reúso: unidade opcional, que pode ser adicionada ao sistema, e permite a reutilização da água tratada em atividades que consomem grande volume de água no dia a dia, como: descarga de sanitários, rega de jardins, lavagem de áreas comuns, entre outras.

As duas unidades contam com um painel de automação, que irá gerenciar bombas, sopradores, nível de efluente nos tanques, e todas as demais atividades do processo de tratamento, sem a necessidade de intervenção de operadores, que apenas acompanham o funcionamento do equipamento.

A ETE utiliza a tecnologia SBR (sequential bath reactor), em que sopradores realizam a injeção de oxigênio no tanque de biodigestão, separando a matéria orgânica da água e possibilitando o tratamento do efluente. Em seguida, ocorre o processo de polimento, onde acontece a filtragem e cloração, e a água pode ser reutilizada para finalidades que dispensam o uso da água potável. Além da qualidade da água após o tratamento eficiente dos resíduos, redução no consumo de água e economia proporcionada, que assegura o retorno mais rápido do investimento, o equipamento oferece outros benefícios, como: instalação fácil e baixa necessidade de limpeza, o que torna o processo mais prático, seguro e eficiente.

Higra apresenta bomba de média tensão

As bombas Higra agora serão de média tensão, ampliando o raio de ação da empresa e oferecendo maior eficiência hidroenergética ao cliente. Essa será a novidade da Higra na Fenasan. Quem passar pelo estande conhecerá a bomba anfíbia de média tensão (4,16 KV) nas potências de 200 a 500 CV. Utilizada na captação e transferência de água, ela atenderá aos setores de saneamento, usinas, siderurgia e mineração.

“Com a linha de média tensão, a Higra vem atender um mercado até então exclusivo de empresas internacionais. Agora o Brasil também conta com esta tecnologia de ponta”, frisa o gestor de projetos e aplicação Greco Tusset de Moura, destacando que a estimativa é de uma redução de consumo de energia entre 25% a 30% ao mês, se comparada aos equipamentos concorrentes.

Imperveg lança impermeabilizante vegetal

A Imperveg, empresa que atua no segmento de revestimento e impermeabilização de estruturas, utilizando produtos formulados a base de poliuretano vegetal (resina de mamona), aproveita o evento para divulgar o impermeabilizante Imperveg. Trata-se de uma resina a base de poliuretano vegetal (originado do óleo de mamona), obtido de recurso natural e renovável, bicomponente, 100% sólido (isento de solventes), formulado pela mistura a frio de um pré-polímero (A) e um poliol (B), resultando em polímeros com diferentes características e com excelentes propriedades.

O produto atende às Normas NBR 9575/2003 – “Impermeabilização – Seleção e Projeto”, NBR 9574 – “Execução de Impermeabilização” e NBR 15487 – “Membrana de Poliuretano para Impermeabilização”, sendo considerado como sistema moldado in loco, aderente ao substrato, podendo ser aplicado em diversas superfícies como concreto, madeira, aço, etc.

Invel expõe válvulas e conexões PE

A Invel disponibilizará em seus estandes vários tipos de conexões em PE e válvulas de controle para água da empresa israelense C-Valves. Disponíveis nas classes de pressão PN 16 e PN 25, nos tamanhos DN 50 mm a DN 400 mm, as válvulas C-Valves têm capacidade para vazões até 3.500 m³/h. As válvulas são utilizadas em várias aplicações no controle de pressão e de vazão, assegurando proteção para as redes de distribuição de água e instalações.

A concepção geométrica “Linear Flow Control” assegura ótimo desempenho e significativas vantagens operacionais para os usuários. As válvulas podem operar comandadas por piloto de três vias, em varias aplicações: redução de pressão, regulagem de vazão, controle de altitude/nível, sustentação de pressão, etc.

Maccaferri expõe barreiras contra queda de rochas

Após a realização de testes de acordo com a Linha Guia de Aprovação e Testes Europeus (ETAG 27) da Organização Europeia de Aprovação Técnica (EOTA), a Maccaferri recebeu a aprovação técnica europeia (ETA) para as barreiras contra queda de rochas RB 1500 (ETA n.12/0396) e RMC 050 ICAT/2 (ETA n.12/0455) e marca CE (padrão de qualidade) para os sistemas de barreira.

Ambas as barreiras, que serão apresentadas na Fenasan, excedem os requisitos mais exigentes da ETAG 27 e alcançam a categoria A de classificação de desempenho. O sistema de barreiras dinâmicas contra queda de rochas Maccaferri oferece confiança aos clientes e projetistas, já que o kit de proteção foi testado e avaliado independentemente, de acordo com um rigoroso conjunto de orientações para garantir padrões de qualidade de desempenho.

Merck Millipore lança o colorímetro portátil

A Merck Millipore, divisão química da Merck para produtos de Life Science, lançará durante a 24ª Fenasan, o colorímetro portátil (hand-held) Move 100. Hermeticamente selado, o equipamento é próprio para utilização em campo, uma vez que é resistente à imersão em água. O Move 100 tem capacidade de armazenamento de 1000 leituras e possibilidade de inserção de 35 métodos definidos pelo usuário.

Entre os produtos em destaque no estande estarão os cromatógrafos gasosos (CG), acoplados ou não a espectrômetros de massas com quadrupolo simples (CG-MS) ou triplo quadrupolo (CG-MS/MS), da marca Bruker (parceira da Merck Millipore no Brasil). Os principais modelos são o CG- 436, CG-456, CG-MS SQ SCION e CG-MS/MS TQ SCION. “Nossos espectrômetros oferecem uma alta sensibilidade de massas (diferencial em ensaios analíticos na busca de resíduos em amostras ambientais). Outro destaque é a robustez já comprovada dos cromatógrafos gasosos da Bruker”, explica Daniel Teixeira, coordenador de Lab Supply.

Mission Rubber divulga produtos na Fenasan

Mission Rubber é uma empresa fundada há 50 anos, especializada em juntas ou conexões flexíveis para saneamento público, residencial e industrial. Possui fábricas nas Américas e na Europa, bem como distribuidores em todo o mundo.

Em seu estande na Fenasan, a empresa apresentará sua linha completa de Mangueira de Silicone com Malha; Sistemas de Drenagem; Conexões para Esgoto; Kit Reparação para conserto rápido para tubos de ferro, PVC, fibra de vidro, fibrocimento, aço, etc; Conexões Adaptadoras para a maioria dos requerimentos em adaptação entre tubulações, entre outros produtos, fabricados de acordo com os mais rígidos padrões e certificações internacionais, respeitando o meio.

Tratamento anticorrosivo Promar

O foco da Promar na Fenasan 2013 será apresentar sua tecnologia especializada na proteção anticorrosiva. O objetivo é demonstrar a importância da pintura industrial em aspectos técnicos e econômicos para os diversos segmentos industriais, incluindo os setores de saneamento e meio ambiente.

Normalmente, parte dos equipamentos que compõem as ETAs e ETEs é fabricada em aço e necessitam de proteção anticorrosiva, ou seja, de uma boa preparação de superfície e de uma boa pintura industrial. Cada equipamento traz condições diferenciadas de operação, que por sua vez, necessitam de revestimentos específicos para cada situação apresentada. Um esquema de pintura destina-se primordialmente a proteger a superfície, onde o mesmo é aplicado, da ação corrosiva do meio. Outras finalidades são, por exemplo, a identificação promocional, a minimização de perdas ou ganhos de calor e os aspectos de segurança.

Além do ambiente corrosivo, outros fatores podem ser fundamentais na seleção do esquema de pintura, como por exemplo, as condições operacionais do equipamento ou instalação a ser pintada, teor de sais do produto nele armazenado, o pH, a importância do equipamento a ser pintado, a maior ou menor dificuldade para repintura e a posição da superfície a ser protegida.

Sistema Rehau de conexão dos difusores

A Rehau divulgará o sistema de conexão dos difusores Raubioxon Plus & Raubioflex que, segundo o fabricante, traz maior segurança às instalações e uma economia em tempo de montagem e instalação de até 80%. O diferencial se traduz na produção de difusores de ar a partir de materiais nobres, onde suas bases são injetadas em Polipropileno e suas membranas em silicone e EPDM, desenvolvidas para atender as mais rígidas normas e padrões de qualidade internacional.

Por contar com um sistema em membrana de silicone antiaderente que não permite o desenvolvimento de incrustação por biofilmes que causam a obstrução dos orifícios da membrana, traz como consequência, considerável queda na eficiência dos sistemas de aeração. Os difusores REHAU são capazes de produzir bolhas finas uniformes nos tanques aerados, e uma significativa redução no consumo energético por parte dos sopradores.

Sikagard 720 Epocem para proteção e impermeabilização

A Sika leva à Fenasan o revestimento tixotrópico à base de resina epóxi e cimento Sikagard 720 Epocem. O produto é fornecido em três componentes, para nivelamento de superfícies de concreto, argamassa e pedra, além de barreira temporária ao vapor. Trata-se de um material de impermeabilização para a proteção em ambientes agressivos que oferece uma boa resistência química, para uso interno ou externo com boa resistência à abrasão e aos ataques de sulfatos.

Apesar de ser impermeável a líquidos, é permeável ao vapor d’água. Como argamassa tem capacidade elevada de aderência ao concreto, aplicável sobre concreto verde ou endurecido, saturado ou seco e permite uma redução do tempo para aplicação de revestimentos resinados em substratos úmidos.

Sondeq: monitoramento e instalação de redes

A Sondeq apresentará a câmera autônoma Jetscan, para filmagem de redes de esgoto e galerias pluviais. Alimentada por bateria recarregável, a câmera permite acoplamento em qualquer sistema de hidrojateamento, possibiltando a inspeção de maneira simples e rápida do antes e o depois da realização da limpeza da tubulação.

A empresa exibirá também o Grundotugger, um equipamento para instalação de redes ou substituição de tubulações. A instalação é através de método nãodestrutivo (MND) tanto para redes novas de água e esgoto em PEAD quanto para substituir redes existentes. Pode ser acoplado na lança de uma retroescavadeira comum para maior mobilidade, garantindo a colocação de tubulações novas de até 200 mm, de maneira simples e rápida.

Sopradores de aeração e Boosters gás digestivo da Spencer

Durante a Fenasan, a Spencer Turbine mostra a linha de ventilador Mizer Powder, ideal para água e tratamento de águas residuais, aeração, controle de odor, grão, canal de aeração e lavagem de filtros. O equipamento pode lidar com a pressão de 28 psi (193 kPa), volume de 35.000 icfm (991 m³/min) e powder de 2000 hp (1491 kW).

A empresa apresenta também o Boosters de gás que ajuda a fornecer gás digestor para caldeiras, turbinas a gás, microturbinas, aquecedores de lodo, e células de combustível. Seu design exclusivo oferece vazamento zero para o meio ambiente e é fabricado a partir de materiais que são capazes de suportar gases altamente corrosivos. Os impulsionadores do gás podem ser fornecidos em um pacote de skid, prepiped e prewired completo com controles, filtros e separadores, trocadores de calor e acessórios.

Tecnologia Sulzer Pumps para tratamento de efluentes

A Sulzer Pumps apresentará aos visitantes da Fenasan 2013 a linha completa de produtos ABS EffeX, um conjunto de soluções de alta confiabilidade e grande eficiência energética para coleta e tratamento de efluentes.

Além da bomba submersível para esgoto ABS XFP  com motor de eficiência Premium IE3, a Sulzer Pumps apresentará também lançamentos recentes como:

Misturador submersível ABS XRW: O misturador ABS XRW atende agora aplicações em velocidades alta, média e média-baixa de mistura, mantendo sua eficiência graças a três tecnologias de motorização. As versões de velocidade média mantêm o motor de imã permanente, enquanto as demais utilizam um motor IE3 gaiola de esquilo, acompanhado de uma caixa de engrenagens para velocidade média-baixa.

Acelerador de Fluxo ABS: Lançado em 2011, o Flow Booster ABS XSB está disponível agora em uma variedade completa de tamanhos, todos com motores de eficiência Premium IE3. Isso permite uma redução de até 25% no consumo de energia. As pás em material composto foram otimizadas, com propulsores de 2 e 3 pás cobrindo uma ampla faixa de requisitos de empuxo. Entre os principais recursos, estão ainda uma robusta caixa de engrenagens helicoidais de 3 estágios e mancais lubrificados a óleo com vida útil calculada em mais de 100.000 horas.

Turbocompressor ABS HST 20: O compressor sem transmissão mecânica de engrenagens ABS HST 20 representa a terceira geração da tecnologia HST da Sulzer Pumps, com equipamentos totalmente refrigerados a ar para processos de aeração de efluentes. Ele oferece ganhos no rendimento global, proporcionando a maior vazão de saída de ar por quilowatt de entrada. Essa eficiência é resultado da otimização do propulsor como um todo. Os rolamentos magnéticos, o motor de imã permanente de alta velocidade, o novo design do propulsor e o novo projeto da vedação labirinto: tudo contribui para o melhor equilíbrio. O turbocompressor também oferece um sistema intuitivo para controle e otimização de processos, além de integrar silenciadores e outros acessórios para uma instalação mais compacta, econômica e silenciosa.

Toray: produtos para tratamento de água e efluentes

Os principais produtos que a empresa mostrará durante o evento são as membranas para sistema MBR (membrane bio reactor) da linha Membray, que compreende membranas de ultrafiltração do tipo placa plana, feitas de PVDF (fluoreto de polivinilideno) com poros de 0,08 mícrons, que operam submersas, nas versões TMR140 e TMR090, esta última indicada para sistemas compactos em contêineres e aplicações com limitações de altura.

Outra linha em destaque é a Romembrana, as membranas de osmose reversa (OR) utilizadas em projetos de dessalinização e o acessório Toray Seal, desenvolvido para as membranas de osmose reversa, é um selo de vedação “bidirecional” que permite de forma inédita a retirada das membranas do vaso de pressão por ambos os lados, sem a necessidade de ferramentas especiais ou esforço excessivo.

Viapol: soluções para evitar a deterioração de estruturas

A Viapol vai divulgar seu portfólio de produtos, reforçado após a sua aquisição pela RPM International Inc. O destaque será para as soluções que ajudam a evitar a deterioração de estruturas na área de saneamento. Entre os produtos, poderão ser conhecidos pelo público o Viaplus Dique e o Vitpoli ECO, soluções recomendadas para a proteção e impermeabilização das estruturas de tanques e reservatórios de esgotos e efluentes industriais e de reservatórios para água potável.

WS exibe atuadores elétricos inteligentes Sipos Aktorik

Com grande representatividade no mercado de automação industrial, a WS Controles é distribuidora exclusiva Sipos Aktorik (anteriormente Siemens), que produz controle de válvulas, fornecendo atuadores elétricos de alta tecnologia com garantia de três anos.

Os atuadores elétricos Sipos são compatíveis com todos os modelos de válvulas, trabalham de forma confiável e podem ser instalados em qualquer posição, até em ambientes mais severos. Com inversor de frequência integrado e controle eletrônico de torque, controlam a válvula de forma inteligente e eficaz, evitando manutenções desnecessárias.