Voltar

Jogo Rápido

Revista Grandes Construções Edição 66 - 02/2016

Soluções inovadoras nas obras de pontes na Marginal Pinheiros

A SAS Protensão é responsável pelo fornecimento dos sistemas de ancoragem, chumbadores, tirantes e sistemas de travamento das fôrmas de concreto das obras das pontes de Laguna e Itapaiúna, localizadas na Marginal Pinheiros, em São Paulo (SP). Ambas fazem parte do projeto da Operação Urbana Consorciada Água Espraiada, que vai investir na região da Av.Roberto Marinho algo em torno de R$ 4 bilhões. O investimento previsto exclusivamente para as duas obras chega a R$ 305 milhões. Elas terão sentido único no fluxo de veículos, oferecendo novas alternativas aos motoristas que trafegam pela Marginal Pinheiros. A previsão de término das obras é para o mês de março de 2016.

As barras de aço SAS para travamento de fôrmas são laminadas a quente, com rosca grossa e duplo filetadas, sendo as mais utilizadas em todo o mundo, pois possuem uma vida útil muito maior se comparadas com as barras de aço comum laminadas a frio.

A alta capacidade de carga do aço SAS 950/1050, proporciona estruturas mais leves e uma maior produtividade nas obras. A utilização do aço SAS 950/1050 como ancoragem de treliças e estruturas de escoramentos como no caso da construção das pontes, viabilizou a execução de furos menores na estrutura de concreto.

Devido ao grande fluxo de veículos na Marginal Pinheiros, e à impossibilidade de bloqueá-la para solucionar o escoramento neste trecho, foram utilizados perfis especiais de aço que passam por cima da pista expressa da Marginal, sentido Interlagos, e suportam a fôrma Enkoform para execução do fundo e paredes do caixão da ponte, com excelente acabamento do concreto aparente. Nos demais trechos onde não havia fluxo de veículos, as torres de escoramento T-60 executaram com grande produtividade. O Cimbre Brio resolveu o escoramento interno do caixão da ponte com seu sistema leve e produtivo.

 

 

11/02/2016