Voltar

Jogo Rápido

Revista Grandes Construções Edição 54 - 11/2014

Produção de biocombustível no país cresceu 8% este ano

A produção brasileira de biocombustível em julho atingiu o maior volume mensal de 2014, com 302 mil m³, quantidade 26% maior do que a produzida no mês anterior (238 mil m³). Com isso, a produção atingiu 1.793 mil m³ no acumulado do ano, um crescimento de 8% em comparação ao mesmo período em 2013. Os dados são do Boletim Mensal de Combustíveis Renováveis nº 79, divulgado mensalmente pelo Departamento de Combustíveis Renováveis do  Ministério de Minas e Energia (MME).

Dessa capacidade, 91% dos produtores são empresas detentoras do selo Combustível Social, criado para estimular a inclusão social na agricultura dentro da cadeia produtiva do biodiesel. Quanto ao etanol, o boletim aponta que a produção do combustível no mês de julho (safra 2014/2015) foi de 3,4 bilhões de litros. Foram consumidos no mês 1,91 bilhão de litros de etanol, em patamar similar ao de junho deste ano.

O aumento na produção de biocombustível foi alavancado com o início da mistura B6 (6% de biodiesel) no diesel, que está em vigor desde o dia 1º de julho. A partir de 1º de novembro, a mistura será elevada para 7%. O objetivo é fortalecer a indústria nacional de biocombustível ao assegurar mercado e melhorar a rentabilidade. Cada ponto percentual representa aumento de 600 milhões de litros na demanda pelo biocombustível. Além disso, a integração da matriz energética com o setor da agricultura familiar permite desenvolvimento para os produtores.

 

 

10/11/2014
10/11/2014